Após audiência de instrução, justiça mantém em liberdade militar da reserva do Exército que matou empresário no MS

Local onde ocorreu o crime, na cidade de Bonito (Foto: BonitoMais)

Crime aconteceu nos primeiros minutos de 2023

Campo Grande – A Justiça de Mato Grosso do Sul realizou, na última segunda-feira (29), audiência de instrução e julgamento de L. D. S. (58), militar da reserva do Exército, suspeito pelo assassinato do empresário Thiago dos Santos Freitas, 34. O crime ocorreu há um ano, em Bonito, cidade a 300 km de Campo Grande. O militar seguirá respondendo o processo em liberdade.

L. D. S. é réu em ação penal que julga crime ocorrido em dia 1º de janeiro de 2023, por volta da 0h30, na Rua 24 de Fevereiro, em Bonito, quando matou Thiago dos Santos Freitas com dois tiros após uma briga.

Leia também

Militar do Exército mata empresário em briga de trânsito no MS

 

O caso
O empresário teria tentado atropelar o militar do Exército antes do crime. Em seu depoimento, ele contou que estava andando pela rua com o genro e o neto de 5 anos, quando Thiago que estava em uma camionete passou acertando o retrovisor no genro.
Os dois passaram a trocar ofensas e Thiago teria dado marcha ré tentando atropelar o genro que estava com o neto nos braços. Novamente, os dois passaram a trocar ofensas e nessa hora, o militar do Exército tentou apartar a briga. Thiago, então, teria jogado a camionete em cima do autor que acabou fazendo os disparos contra o empresário que foi atingido por duas vezes na cabeça.

Com informações de midiamax

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo