Sem previsão de reajuste salarial, governo propõe vale-refeição de R$ 1 mil para servidores

REAJUSTE

Com o aumento, auxílio-alimentação do Executivo passará a equivaler ao dos demais Poderes
Renan Monteiro
Brasília – O governo Lula apresentou nesta segunda-feira uma proposta de reajuste de 52% no auxílio-alimentação a partir de maio de 2024. Com isso, o benefício passaria a ser de R$ 1 mil. Na última reunião do ano com representantes de servidores do funcionalismo federal, não foi apresentada proposta de reajuste no salário, já que não há até agora espaço no Orçamento federal para isso.

O anúncio ocorreu na chamada Mesa Nacional de Negociação Permanente, recriada no início do ano para discutir reajustes salariais.

O auxílio-alimentação de R$ 1 mil para servidores públicos federais em 2024 equivale ao patamar dos demais Poderes (Legislativo e Judiciário).

O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) fala em “proposta de equilíbrio” e reconhece limitações orçamentárias.

“Como o aumento é sobre benefícios, e não sobre o próprio salário, o impacto é maior para quem ganha menos, diminuindo, portanto, as disparidades salariais dentro do serviço público federal”, diz o MGI em nota.
O Globo

31 respostas

  1. Enquanto isso, os melancias nada fazem pela tropa. Afinal, nem todos foram beneficiados pela Lei do Mal de 2019 e não recebem polpudas diárias com viagens País afora pra turbinar o contracheque. Sempre meu pirao primeiro. Os demais top, top repetidas vezes. Que coisa heim !!!😡😡😡

  2. Com exceções, o grosso da tropa teve decréscimo de salários com a Lei do Mal, sem reajuste e o aumento da pensão militar, incluso os cabos, Sgt QEs ativos, inativos e suas respectivas pensionistas. Ou não ?

  3. Leram direito: “Na última reunião do ano com representantes de servidores do funcionalismo federal, não foi apresentada proposta de reajuste no salário, já que não há até agora espaço no Orçamento federal para isso.”
    Chupa Manga QEsada, essa promoção é só em 31 de Fevereiro De 2026…ops…se sair mesmo…

  4. Um passarinho me contou, aqui pelas bandas do Far West, que estão servindo só arroz 🍚 com feijão e um grude qualquer tipo polenta em algumas OM. Nem filé de Godzilla está aparecendo. E detalhe: chimpando expediente integral para tropa, quando deveria vigorar o meio expediente, nos meses de dezembro e janeiro… fui…

    1. Precisamos de reajuste nos soldos!!

      Precisamos de reestruturação na carreira dos praças!!!

      Chega de manobras para beneficiar o “andar de cima ou segmento do andar de baixo (QE)”!!

      Os Praças Precisam de uma carreira reestruturada e Valorizada que contemple a todos, onde o soldo do ST/SO seja parâmetro para os demais e equivalente ao soldo de Major!!!

      1. Excelente 👏🏼👏🏼👏🏼✅ Ah!!! Rancho É coisa do passado. Deveria existir somente para equipe de Serviço e hospitais 🏥 assim como as PM deveriamos ganhar auxilio Alimentação

        1. Então nós hospitais federais quem está de plantão não tem direito a usar o refeitório… Tcu barrou dizendo que é benefício duplo. Nós hospitais hoje só comem pacientes e profissionais residentes…

      2. Com esses comandantes aí, sem nenhum respaldo ou vontade, pois estão manando de boa, já o resto que se dane. Se tava ruim, agora aguarda o que virá com essa quadrilha

  5. Reajuste jaaaaaa! Não é possivel que os generais vao deixar de correr atras de um reajuste em 2024. Militar trouxa de maissssssssss
    Todos ganhando Reajuste e os milicos so fumo no r@book

  6. Para os militares vão i stituir o VALE BANANA, mas só para as praças. Para os oficiais uma pequena melhoria: Auxílio Maezona, ou seja, papinha de mingau Para eles não chorarem .

  7. 20% só se foi pra vc anta o Bolsonaro não deu nenhum aumento, apenas alegrou os altos comando, mas para a grande massa nada, então não venha falar merda

  8. A fé em “aumento” é tão pequena que matéria sobre “REAJUSTE” só produziu míseros 21 comentários.
    kkkkkkkkkkk (Foda!)
    Que fase!
    O pessoal perdeu a fé!
    “Quando perde-se a fé nos Chefes militares, então deixamos de acreditar em sulucões reais.
    Tudo é reflexo da falta de esperança que carregamos dentro de nós.”

  9. Funcionários públicos não são voluntários do governo p trabalhar de graça .em todos os governos sempre são os primeiros a ter seus salários questionandos o Brasil precisa ter funcionários de qualidade com.bons salários p prestar serviços de qualidade p a população funcionário doente desnutrido sem qualidade de vida . não pode prestar serviços.p população

  10. Esse negócio que é sigilo não será publicado vc deixa o imail nome vc e rastreado digo porque fui com aquele site ( fala com presidente recebi fatd) respondi sindicancia e fui punido em Reservado pelo meu cmt que foi omisso eu disse em abrir o bico sobre tudo que sabia e me deram um cala boca com missão de paz para sumir no mapa por um tempo já tem anos que eu sa i e até hoje rola processo da obra onde roubaram milhões e nem um oficial foi punido porque um cheira o rabo do outro e os praças só se lascam e ficou esquecido por um presidente que era oficial privilegiou só oficiais e só completou a lei do mal que tirou todo benefício dos praça elaborado pelo FHC outro merda que só olhou o próprio rabo agora só uma canetada para salvar esses merdas que deu a vida mais de 30 anos onde esses lobinhos se escoram para aprender e esses aspira que chega no trecho não sabe nem por onde começa duvido nos quartéis em todo Brasil onde a um Q.E tem experiência profissionalismo respeito e disciplina ainda dizem braço forte mão amiga.

  11. fica falando bobagem dos colegas QE, QUESA, mas se as coisa continuarem desse jeito, amanha os senhores estarão no mesma lugar, pedindo esmola ao governos, o Legislativa e o Judiciário, de bolso cheio, acorda cara de pau, nos estamos jogado a própria sorte, acorda Brasil.

  12. Kd o Cap PQD do EB, chamado de mio???
    Encheu os oficiais de dinheiro, com a lei do mal, e os Praças , principalmente os QES e as Pensionistas se ferraram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo