GLO: Caças da FAB coíbem aeronaves suspeitas em apreensão de uma tonelada de drogas em RR

Aeronaves de caça modelo A-29 Super Tucano da FAB, fabricadas pela Embraer – Imagem: Força Aérea Brasileira

Ações fazem parte da Operação Ponte Aérea, de Garantia da Lei e da Ordem

Murilo Basseto

Boa Vista – A Força Aérea Brasileira (FAB) informa que duas aeronaves de defesa aérea Embraer A-29 Super Tucano foram empregadas para monitorar e controlar o espaço aéreo, em articulação com a Polícia Federal (PF) para apoio na apreensão de quase uma tonelada de drogas, entre skunk e cocaína, no último fim de semana, em Roraima.

Durante a ação no sábado, dia 2 de dezembro, as aeronaves sobrevoaram dois locais que estavam sendo monitorados pela Policia Federal. A ação conjunta colaborou com o trabalho dos investigadores, pois manteve o policiamento do espaço aéreo local para o caso da decolagem dos suspeitos.

Com os A-29 coibindo a movimentação aérea, no domingo, 3 de dezembro, a Polícia Federal recebeu informações que levaram a um veículo abandonado no município de Bonfim (RR), onde foi encontrada a carga de quase uma tonelada de drogas.

Para o Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), realizar uma ação como esta demonstra, mais uma vez, a prontidão e a operacionalidade da Força a qualquer hora do dia ou da noite.

Garantia da Lei e da Ordem

As ações do final de semana fazem parte da Operação Ponte Aérea, de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) nos Aeroportos do Galeão (RJ) e Guarulhos (SP), na qual cabe ao Comando da Aeronáutica o fortalecimento imediato das ações de prevenção e repressão de delitos nos referidos aeroportos e na faixa de fronteira do território brasileiro, em articulação com a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal, no âmbito de suas competências, em cumprimento ao Decreto N° 11.765, de 1º de novembro de 2023.

AEROIN – Edição: Montedo.com

2 respostas

  1. O primeiro Sargento com CAS, CHQAO, com 3 cursoa de habilitacão, que já foi brigada, tem 5 transferência nas costas…
    Já tem que chamar o S Ten QE de senhor ou tem que esperar mais um poquinho?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo