Quem era o militar do Exército do RJ que morreu durante salto de paraquedas em MS

paraquedas

André Luiz, de 49 anos, morreu em um treinamento de paraquedismo que ocorria em Porto Murtinho (MS). Nas redes sociais, amigos externaram o luto.José Câmara, g1 MS

Natural do Rio de Janeiro, o militar do Exército André Luiz, de 49 anos, morreu durante um salto de paraquedas em um treinamento, em Porto Murtinho (MS), nessa quinta-feira (19). No Exército, o militar atuava no setor de paraquedismo. Na vida pessoal, André amava motocicletas e participava de moto clubes.

André era subtenente do 26° Batalhão de Infantaria Paraquedista, no Batalhão Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

Na página do Batalhão, os amigos militares comunicaram a morte e destacaram André como um “militar dedicado e altamente profissional”, que “dedicou sua vida ao serviço da Pátria”. Veja a publicação abaixo.

Amante de motos, André compartilhava a paixão pelo veículo com amigos. Nas redes sociais, pessoas próximas e familiares externaram o luto pela perda.

Nas redes sociais, amigos próximos e integrantes do moto clube que André Luiz fazia parte publicaram uma nota de condolências. Leia trecho abaixo:

“É com profunda tristeza que o Bravo das Motos anuncia o falecimento do nosso querido irmão e integrante André Luiz, fato ocorrido quando saltava de paraquedas em Mato Grosso do Sul, numa missão pelo Exército Brasileiro”, escreveram amigos de um moto clube em postagem na web.

Morte durante queda
André morreu durante um treinamento de paraquedismo, em Porto Murtinho (MS), no início da tarde desta quinta-feira (19). Em nota, o Comando Militar do Oeste (CMO) confirmou que o militar morreu “no decorrer de uma atividade operacional de lançamento paraquedista”. O CMO investiga as circunstâncias da morte.

De acordo com as informações, o militar foi socorrido durante o treinamento e levado para o Hospital Municipal de Porto Murtinho. Segundo apurado, o paraquedista já chegou ao hospital morto.

Em nota, o Comando Militar do Oeste (CMO) lamentou a morte. A organização não divulgou o nome do militar. (leia abaixo a nota na íntegra)

Segundo comunicado anterior ao treinamento, a Operação Pantanal tinha como objetivo realizar exercícios do Programa de Adestramento Avançado (PAA) das Brigadas, Grandes Comandos e suas Organizações Militares Diretamente Subordinadas (OMDS).

Além de oficiais de Mato Grosso o Sul, militares de Mato Grosso e do Rio de Janeiro participavam do treinamento.

Leia nota do Comando Militar do Oeste na íntegra:

“O Comando Militar do Oeste (CMO) informa, com profunda tristeza, o falecimento, hoje, 19 de outubro, de militar do Exército Brasileiro. O referido militar veio a óbito, no decorrer de uma atividade operacional de lançamento paraquedista que ocorria na cidade de Porto Murtinho (MS), durante o Programa de Adestramento Avançado – Operação Pantanal. Informações sobre o ocorrido estão sendo levantadas e medidas administrativas já foram tomadas. O Comandante Militar do Oeste, em nome dos demais integrantes do CMO, solidariza-se com familiares e amigos, e expressa as mais sinceras condolências”.

g1

5 respostas

  1. Meus pessames à Familia desse Guerreiro, Servi no 27 Btl Pqdt por 8 anos, eramos vizinho do 26 BI,fiz muito adestramento no campo do 26 BI Pqdt,, depois fui transferido para Cia Prec, e com Aux de Prec compri muitas missoés, por esse Brasil afora, hoje me encontro reformado, Deus ilumna esse guerreiro alado, SgT QE Gomes Aux de Prec e PQdt,, Abraços a Familia Militar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo