Segurança de Lula será coordenada pelo GSI, diz Rui Costa

GSI

PF faz a segurança de Lula (PT) desde o início do governo. Ministro Rui Costa afirmou que modelo deve ser “híbrido”, mas coordenado pelo GSI

Mariana Costa, Júlia Portela
O ministro da Casa Civil, Rui Costa, afirmou nesta terça-feira (20/6) que a coordenação da segurança do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltará a ser feita pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI). Atualmente, a segurança do mandatário compete a uma secretaria extraordinária comandada pelo delegado da Polícia Federal Aleksander Oliveira.

“É o GSI quem vai fazer [a segurança], e o presidente terá a liberdade de fazer e convidar quem ele entender que deve compor, independentemente de ser da Polícia Federal, militar ou membro das Forças Armadas. Será montado modelo híbrido, sob coordenação do GSI”, disse Rui Costa.

Procurada pelo Metrópoles, a Polícia Federal declarou que não comentará a declaração até Lula anunciar sua decisão final. O presidente tem até 30 de junho, quando a secretaria extraordinária que foi criada por decreto será extinta.

A PF é a responsável pela tarefa desde o início do governo. Uma ala da gestão petista avalia que seria um retrocesso deixar a segurança presidencial voltar para o comando dos militares; esse modelo, usado por Jair Bolsonaro, não tem adesão em grandes países democráticos.

METRÓPOLES

3 respostas

  1. o que tem haver ser feitas por militares. aproveita e manda um empresa privada fazer a segurança dos Palácios do governo em Brasília.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo