Sargento do Exército é preso por duplo homicídio no Pará

Armas sargento do Exército preso no Pará

O sargento da reserva do Exército Brasileiro, Josué Azeredo, foi preso suspeito de matar a tiros Gleidy Saldanha Aguiar, de 31 anos, e Leane Alves Gomes, de 38 anos, em um bar localizado no bairro Araguaia, no núcleo Nova Marabá, no Pará, nesta sexta-feira. O crime ocorreu em abril de 2022.

Josué Azeredo também atirou contra Francisco Ferreira de Sousa e Lourival José da Costa no estabelecimento, mas eles sobreviveram. A Polícia Civil de Marabá, por meio da Delegacia de Homicídios, cumpriu mandado de busca e apreensão e prisão temporária contra o suspeito.

Durante busca pessoal na residência do sargento da reserva, localizada no Bairro Araguaia, foram apreendidas três armas de fogo com registro no Exército, bem como carregadores, munições e os registros das armas, todas legais, além de dois aparelhos celulares. Todo o material apreendido será periciado e auxiliará na conclusão da investigação em 30 dias.

Josué Azeredo será entregue ao Exército mediante custódia, consoante a lei processual penal, onde permanecerá preso à disposição da justiça. A operação contou com dez Policiais Civis, divididos em duas equipes, sendo nove policiais em campo e um na base.

Com informações do Portal Debate Carajás

ROMANEWS/montedo.com

6 respostas

    1. Acho que ele serviu no 23 B Log Sl. Era o fotógrafo da Unidade tirava as fotos no Estg de Selva e vendia para a garotada. l. Tinha casas alugadas e um bar. Na folha 30. Tinha condições financeiras. Não sei o pq dessa tragédia.

  1. Chegou no bar a mulher não lhe deu atenção, atirou nas duas e feriu mais dois idosos. Ao sair da viatura da PM ainda estava sorrindo…

  2. Ficar bebendo em Bar, e ficar jogando conversa mole, isso é comum em todo Bar Brasil afora, Graças a deus desse mal estou livre, não suporto esses ambientes e não bebo bibida alcólica, Gosto sim de trabalhar com meu taxi, para distrair a cabeça. e complementar meus vencimento de Sgt Reformado, porque tive decréssimo no meus vencimentos de 182,00. com essa restruturação da carreira de 2019, quem deveria olhar por nós, nos abandonou, triste não.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo