Vídeo mostra momento em que sargento enviado de Bolsonaro tenta retirar joias de aeroporto em SP

Sargento da Marinha retirando jóias

Caso das joias: sargento enviado a Guarulhos só foi exonerado no fim de janeiro
Ajudante de ordens enviado por Bolsonaro estava lotado no gabinete do presidente da República até o final de janeiro deste ano

Natália Portinari
O primeiro-sargento da Marinha Jairo Moreira da Silva, que foi a Guarulhos tentar reaver as joias da Arábia Saudita, só foi exonerado de sua função como ajudante de ordens da Presidência em 24 de janeiro deste ano.

Ele recebia uma gratificação de R$ 1,1 mil pelo cargo, além de seu salário como militar, desde agosto do ano passado.

O blog da Andréia Sadi, da TV Globo, obteve acesso ao vídeo que mostra o diálogo entre Jairo e um auditor da Receita Federal no dia 28 de dezembro de 2022, três dias antes da posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Guilherme Amado (METRÓPOLES)/montedo.com

Vídeo exclusivo mostra sargento que tentou recuperar joias falando com coronel na alfândega

8 respostas

  1. Eu fico me perguntando sobre o por quê do servidor não ter chamado a PF para prender esse “militar”, sua conduta foi perfeita em não ceder a pressão, mas para fechar com chave de ouro tinha que chamar a PF para dar voz de prisão a Ele.

  2. É tudo armação da Grobu! É um infiltrado comunista que usou o nome se seus superiores para colocar os patriotas contra o mito! Trata-se de um membro insignificante do estamento inferior, um serviçal que jamais galgaria uma função de destaque no governo em que pudesse demonstra suas aptidões, como por exemplo Ministro da Saúde…

    1. Arrisca por falta de caráter mesmo, cabo que mesmo se fosse 200,00 tava vendendo. Eu já vi um primeiro-Sargento com 29,5 anos preste a ir para inatividade ser expulso por ter cometido peculato, imagina antes de ir para a RRM. E assim mesmo, falta de caráter.

  3. Agora está tudo esclarecido! Entendi tudo! Foi este maldito praça que armou esta confusão toda! Imagina se algum militar da elite formado na Academia e com Altos Estudos se rebaixaria para fazer uma coisa destas, ou um cidadão devoto, seguidor dos bons costumes, temente a Deus como nosso líder Mito Messias. Ainda deve ter usado o nome da apóstola primeira dama ungida Michele para tentar pegar as joias que iriam para o acervo da União por ordem expressa do Mito! Estes graduados mal formados deveriam comer o pão que o diabo amassou, como se não bastasse terem armado um golpe e mantido os acampamentos nas portas dos quarteis, quando comandavam a guarda, após uma articulação Nacional via WhatsApp e que sem seus superiores notassem! Malditos praças!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo