Rio: sargento do Exército se apresenta à polícia após atropelamento e morte de mulher

Transito-218x218

Sargento do Exército se apresenta à polícia após atropelamento e morte de mulher em Realengo

O sargento do Exército O. B. se apresentou à polícia na noite deste sábado (4) após o atropelamento e morte de Dilceia Nascimento em Realengo, na Zona Oeste do Rio, na noite de sexta-feira (3). Familiares da vítima dizem que era ele quem dirigia o veículo no momento do acidente.

O. B. chegou à delegacia acompanhado de um advogado e deve prestar depoimento na segunda-feira (6).

O Comando Militar do Leste (CML) confirmou que ele é militar e disse que o caso está sob a responsabilidade dos órgãos de Segurança Pública.

Dilceia, de 52 anos, foi atropelada por um veículo desgovernado enquanto conversava com uma amiga.

O acidente ocorreu na rua General Azeredo, em Realengo. Segundo relatos, Dilceia estava bebendo com uma amiga na calçada, quando o carro sem controle a atingiu. Segundo testemunhas, a batida foi muito forte e a mulher morreu na hora.

O corpo de Dilceia foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Campo Grande, na Zona Oeste. Ela deixou quatro filhos e 12 netos. O enterro ocorreu neste domingo (5) no Cemitério de Murundu.

96,5 tupifm/montedo.com

4 respostas

  1. A rua Gal. De Azevedo e pequena e mal cabe um ônibus e um carro se cruzando, no seu trajeto e cheio de comércios, casas e gente transitando por ela, muita gente do Jardim Novo e adjacências passa por ela. Difícil se alguém tivesse transitando ali entre 40/50km fazer isso perder o controle, só se não tivesse feito a manutenção devida, alta velocidade, bebidas alcoólicas ou tudo misturado o que dá tudo no Mesmo, culpa do Motorista, se for comprovado. Que Deus cuide das famílias de ambos. Segue o ditado: se for dirigir não beba e se tem carro faça manutenção preventiva no tempo conforme o Manual e por fim se atropelou e não tem risco de você sofre retaliações, pare e socorra, não fuja que é pior.

    1. A grafia correta, para a abreviatura de “general”, segundo as normas ortográficas da língua portuguesa, é “Gal.”, Já, seguindo o manual de Abreviaturas Militares do EB (C-21-30), a abreviatura é: “Gen” (sem ponto). Certo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo