Escolha uma Página

Nem todos os deputados ligados ao presidente no partido que o elegeu irão segui-lo para o PL

Evandro Éboli
Quase todos deputados do PSL ligados a Jair Bolsonaro irão deixar o partido e seguir para o PL ou para outra legenda de apoio à reeleição do presidente agora que foi confirmada a criação do União Brasil. Caso de Eduardo Bolsonaro, por exemplo, que já até assinou ficha no PL.
Mas nem todo bolsonarista do “velho” PSL irá acompanhar o grupo. O general Peternelli (PSL-SP) disse que irá seguir no União Brasil.
“Acho que posso ajudar o presidente no União Brasil. Não preciso sair do PSL agora, nem do União Brasil depois” – disse Peternelli.
METRÓPOLES/montedo.com

Skip to content