Escolha uma Página

A reunião do Alto Comando, marcada para começar no dia 21 fevereiro, mandará, enfim, Pazuello para a reserva

Robson Bonin
Em maio de 2021, Eduardo Pazuello marcou sua carreira militar ao subir com Jair Bolsonaro num caminhão de som no Rio. O ato de insubordinação fez do general um pária no Exército.
Ainda na ativa, ele já tem data para ser esquecido. A reunião do Alto Comando, marcada para começar no dia 21 fevereiro, mandará, enfim, Pazuello para a reserva.
RADAR(Veja)/montedo.com

Skip to content