Escolha uma Página

Xtomoc, Quintana Roo (México) – No dia 5 de novembro, o Capitão de Infantaria Marcus Vinícius Landin, do 17º Batalhão de Fronteira (Corumbá-MS), concluiu o “Curso de Operaciones Ribereñas”, no “Subcentro de Adiestramiento de Operaciones en Selva y Anfíbias”, conquistando o 1º lugar em uma turma de 34 militares.
O Capitão Landim foi o primeiro militar brasileiro a realizar esse curso que teve duração de 6 semanas, nas quais recebeu instruções de concepção, preparação e condução de operações em áreas lacustres e ribeirinhas, integradas em pequenas unidades de combate, bem como treinamento de pilotagem de embarcações para operar nesse ambiente operacional.
Esse curso tem como objetivo preparar e adestrar tropas de Forças Especiais mexicanas para missões de segurança interna, de combate ao crime organizado, de contrainsurgência e de atividades em apoio à população em situações de desastres naturais, treinando seus alunos em técnicas e táticas de operações em ambiente aquático, com emprego de embarcações a motor, bem como em atividades de assalto ribeirinho, técnicas de mergulho, salvamento aquático e natação de longa distância. Ao fim do curso, o Capitão Landim obteve o 1° lugar, resultado das avaliações realizadas tanto pela equipe de instrução quanto por seus companheiros, evidenciando liderança e conhecimento profissional.
“É muito gratificante receber essa premiação pois, além de poder representar bem o meu batalhão e o Exército Brasileiro, também é uma forma de honrar o meu País perante os amigos mexicanos” , afirmou o capitão ao receber o prêmio das mãos do Comandante do 5° Batalhão de Forças Especiais do México.
(com Aditancia do Exército Brasileiro no México)
DefesaNet/montedo.com

Skip to content