Escolha uma Página

Eles têm 20 e 22 anos e são moradores da região sudeste. Militares apresentaram sintomas uma semana depois do feriado de Páscoa.

G1 Sul do Rio e Costa Verde
Dois cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, no Sul do Rio de Janeiro, foram diagnosticados com a Covid-19. Procurada pelo G1, a Aman confirmou a informação na noite de quinta-feira (23).
Em nota, a Aman informou que não é possível saber a origem da transmissão, mas disse que os militares apresentaram sintomas na última segunda-feira (20), uma semana depois do feriado de Páscoa.
Os dois cadetes têm 20 e 22 anos e são moradores da região sudeste. Eles estão no 1º ano de formação para se tornarem oficiais nas Forças Armadas.
Assim que começaram a apresentar os sintomas, eles foram encaminhados para o Hospital Militar de Resende, que adotou medidas sanitárias preventivas para que o novo coronavírus não se propagasse pela academia — 1.758 cadetes estudam em regime de internato.
O exame para confirmar a Covid-19 foi feito na terça-feira (21) e o resultado foi divulgado dois dias depois.
Ainda segundo a Aman, os dois pacientes “apresentavam um quadro clinico considerado bom e praticamente assintomático” na manhã desta sexta-feira (24).

Confira a nota divulgada pela Aman:
A AMAN informa que dois cadetes do 1º ano, após apresentarem no dia 20 de abril sintomas da Covid-19, foram encaminhados para o Hospital Militar de Resende, que adotou medidas sanitárias preventivas e no dia 21 de abril realizou o exame pelo método qPCR vindo a ser confirmado o diagnóstico da Covid-19 na manhã do dia 23 de abril .
Os cadetes têm 20 e 22 anos, são da região sudeste.
Não é possível saber a origem da transmissão.
Os dois cadetes apresentam um quadro clinico considerado bom e praticamente assintomático.
Desde o dia 16 de março a AMAN adotou medidas de prevenção à COVID-19, com o objetivo de manter a saúde dos integrantes da família acadêmica.
Sobre as medidas de prevenção, a AMAN ressalta que tem se mantido vigilante aos cuidados que visam a integridade física de nossos Cadetes, do Corpo Permanente e Servidores Civis.

G1/montedo.com

Skip to content