Escolha uma Página
Equipe oferece testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites.
Atendimentos ocorrem no Juruá pelo 15º ano consecutivo.
Navio hospitalar vai oferecer exames rápidos durante atendimento no interior do Acre  (Foto: Vanísia Nery/ G1)
Navio hospitalar vai oferecer exames rápidos durante atendimento no interior do Acre (Foto: Vanísia Nery/ G1)
Vanísia Nery, do G1 AC
O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) Doutor Montenegro, da Marinha do Brasil, atracou no porto de Cruzeiro do Sul (AC), no início deste mês. A embarcação, responsável por oferecer serviços de saúde médico e odontológico, deve atender mais de 22 mil moradores às margens do Rio Juruá neste ano. Desde 2001, a missão é realizada na região, e pelo 15º ano atende ribeirinhos de localidades de difícil acesso.
O navio saiu de Manaus (AM) no dia 12 de janeiro. A previsão de retorno é para o dia 6 de abril. Até lá, a embarcação deve percorrer os municípios de Marechal Thaumaturgo, onde iniciam as ações, seguindo para Porto Walter, Rodrigues Alves, Mâncio Lima e Cruzeiro do Sul, onde encerram os atendimentos.
“Estamos planejando subir o rio esta semana, mas isso também vai depender da vazante, tem que ter água suficiente para chegar até Marechal Thaumaturgo. Por outro lado, o rio não pode estar tão elevado para conseguir passar a embarcação por baixo da ponte do Rio Juruá”, explicou o comandante do navio, capitão de corveta André Teixeira.
Desde a saída de Manaus até Cruzeiro do Sul, já foram atendidas 14 localidades do Amazonas, com 6.670 procedimentos médicos e odontológicos em mais de 1.400 ribeirinhos.
O navio conta com uma tropa de 73 militares, tendo uma equipe de 20 profissionais de saúde, entre médicos, farmacêuticos e enfermeiros. Neste ano, a inovação são os testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite. Ao longo da viagem, os profissionais identificaram um paciente com sífilis, que fez o tratamento com medicamentos que também são distribuídos após as consultas.
Navio reforça atendimento principalmente a ribeirinhos no Acre  (Foto: Vanísia Nery/ G1)
Navio reforça atendimento principalmente a ribeirinhos no Acre (Foto: Vanísia Nery/ G1)
“São testes muito rápidos, que dão o resultado em poucos minutos. Nós já tivemos um caso de sífilis positivo, os médicos entraram com a intervenção de antibióticos e com certeza salvaram a vida dessa pessoa”, ressaltou.
O comandante alerta que os atendimentos são priorizados para os ribeirinhos, que na maioria das vezes não tem condições ao longo do ano de procurar os serviços de saúde.
“A prioridade é o atendimento aos ribeirinhos sempre. Nós tentamos fazer um trabalho preventivo. Fazemos palestras preventivas também. Essa parte preventiva é a maior ajuda para os ribeirinhos, pois ajuda-os a cuidar da sua saúde”, destacou. (R. A.)
G1/montedo.com
Skip to content