Escolha uma Página
No momento da prisão, eles portavam duas armas de fogo, uma touca ninja, celulares roubados, cocaína e maconha
Material apreendido pela Polícia Militar
Material apreendido pela Polícia Militar
João Pessoa (PB) – Um soldado e um cabo do Exército foram presos na noite dessa terça-feira (3) suspeitos de praticar assaltos no bairro de Cruz das Armas, Zona Oeste de João Pessoa. Um operário de 34 anos também foi preso por integrar o grupo. Com o trio, foram apreendidas duas armas de fogo, uma touca ninja, celulares roubados, cocaína e maconha.
De acordo com a Polícia Militar, a prisão aconteceu após uma estudante relatar à guarnição que realizava rondas no local que havia sido assaltada por três homens. Ela informou que eles estavam em um carro e descreveu o veículo para os policiais.
Os suspeitos foram encontrados próximo ao quartel do 15º Batalhão de Infantaria Motorizado. Segundo o aspirante Isaque Sabino, que comandou a prisão, dois suspeitos se identificaram como sendo integrantes do Exército no momento da abordagem policial. “Revistamos os suspeitos e o carro e encontramos armas, drogas e celulares roubados”, informou. Os três homens foram reconhecidos pela vítima.
O Exército Brasileiro foi informado sobre o ato praticado por dois de seus membros e os suspeitos foram levados para a 12ª Delegacia Distrital, em Manaíra.
O Exército informou por meio de nota que “como o delito cometido é de alçada civil, todos os procedimentos investigativos e trâmites judiciários são de responsabilidade da Justiça Comum. Devido a isso, não cabe ao Exército, nesse momento, a aplicação de qualquer sanção disciplinar. Entretanto, como os envolvidos são militares temporários, os mesmos terão seu tempo de serviço prorrogado e serão licenciados, ficando à disposição da justiça comum para responderem por seus atos”.
PORTAL CORREIO/montedo.com
Skip to content