Escolha uma Página
1ª Brigada faz aniversário e destaca ações contra crimes em Roraima
Comandante Jaborandy disse que ações na fronteira ocorrem todos os dias.
1ª Brigada de Infantaria de Selva completou 68 anos nessa quarta-feira.
Solenidade ocorreu na noite desta quarta (Foto: Marcelo Marques/ G1 RR)
Solenidade ocorreu na noite desta quarta (Foto: Marcelo Marques/ G1 RR)
Marcelo Marques
Do G1 RR
A 1° Brigada de Infantaria de Selva Lobo D`Almada comemorou na noite dessa quarta-feira (29), em Boa Vista, 68 anos em Roraima. A solenidade contou com a presença de autoridades do estado, além de parentes de militares. De acordo com o comandante e general-de-brigada José Luiz Jaborandy, a organização militar foi criada no Rio de Janeiro.
“Em função do progresso e das necessidades do país, tanto nas conjunturas internacional quanto nacional, houve necessidade de mobilizarmos tropas aqui na Amazônia. E, nesse intuito, a 1° Brigada de Infantaria de Selva veio transferida para Boa Vista”, esclareceu o comandante Jaborandy.
Ele disse que além da missão constitucional, que é defender a Pátria, há trabalhos de ações subsidiárias no combate a crimes transfronteiriços e também na colaboração no desenvolvimento regional e na defesa civil.
“Essa é uma atividade contínua, pois acontece todo dia e a toda hora. É uma ação que temos que estar diuturnamente no exercício da nossa função para inibir quaisquer ação delituosa. Dependo da área que atuamos, há contrabandos, alguns casos históricos de tráficos de pessoas. E nas áreas indígenas, principalmente na Yanomami, temos a questão do garimpo ilegal”, destacou o general-de-brigada.
Em Roraima, são aproximadamente três mil militares distribuídos no Comando da 1ª Brigada de Infantaria de Selva Cmdo, Companhia de Comando da 1ª Brigada de Infantaria de Selva Cia e Comando de Fronteira – Roraima, 7˚ Batalhão de Infantaria de Selva, 10º Grupo de Artilharia de Campanha de Selva, 12˚ Esquadrão de Cavalaria Mecanizado, Companhia de Comando, 32˚ Pelotão de Polícia do Exército, 1˚ Pelotão de Comunicação de Selva, 1ª Base Logística e 6˚ Batalhão de Engenharia e Construção, 6ª Delegacia do Serviço Militar da 29ª CSM.
A missão do Exército é defender o território e garantir a soberania nacional. No estado, entre outras atividades, o comando militar atua na área de fronteira, que tem aproximadamente 2.200 km. A vigilância é realizada com base em trabalhos de inteligência e de reconhecimento.
G1/montedo.com
Skip to content