Escolha uma Página
Exército americano fez pirataria de software
Segundo uma notícia do jornal Washington Post, o exército americano pagou 50 milhões de dólares (cerca de 36 milhões de euros) de indemnização para resolver um processo judicial em que uma editora acusava o exército de ter instalado o seu software sem pagar em milhares de dispositivos.
O processo foi interposto pela Apptricity, a empresa responsável por uma aplicação de controlo de pessoal. Originalmente, o exército americano comprou uma série de licenças dessa aplicação em 2004 e mais tarde em 2009. No entanto, o exército continuou a instalar as aplicações mesmo depois de ter esgotado o número de licenças que tinha comprado. No total, a aplicação foi instalada ilegalmente em 100 servidores e 9000 dispositivos móveis.
Segundo a queixa da Apptricity, em 2010 o exército contratou outra empresa para analisar partes da aplicação de forma a replicar a tecnologia e assim tentar evitar o pagamento de licenças extra.
Segundo o Washington Post, se o exército americano tivesse pago o total das aplicações que usou ilegalmente, o valor chegaria aos 180 milhões de dólares (cerca de 132 milhões de euros).
PC GUIA/montedo.com
Skip to content