Escolha uma Página
Chelsea Manning afirma que é obrigada a se vestir como homem na prisão
Chelsea Manning afirma que é obrigada a se vestir como homem na prisão
A militar Chelsea Manning, que foi condenada a 35 anos de prisão por ter vazado mais de 700 mil documentos secretos, ameaça processar o Exército norte-americano por não estarem respeitando seu direito de viver como mulher.
Bradley Manning virou Chelsea
Chelsea, que nasceu Bradley, assumiu sua identidade de gênero em uma carta divulgada em agosto, na qual revelava sua transexualidade e dizia: “Eu sou uma mulher”.
A ex-analista de inteligência está presa no Quartel Disciplinar, um prisão militar para homens. Ela também é obrigada a se vestir como homem.
Em carta publicada no site da Rede Privada de Apoio a Manning, a militar escreveu que seu advogado, David Coombs, está ajudando-a em seu apelo pela mudança de tratamento. Chelsea ameaça processar o Exército por isso.
O Comando Médico do Exército disse que os prisioneiros estão autorizados a terem tratamento hormonal na prisão, apesar de Manning aparentemente ter sido a primeira a solicitá-lo.
PAROU TUDO/montedo.com
Skip to content