Forças Armadas da China têm 1,5 milhão de integrantes

Forças Armadas Chinesas têm cerca de um milhão e meio de efetivos
Lusa
As forças armadas da China têm cerca de um milhão e meio de efetivos, segundo o Livro Branco sobre a Defesa difundido hoje em Pequim e que revela, pela primeira vez, a organização interna do poder militar chinês.
O Exército é o ramo mais numeroso, com 850.000 efetivos, seguindo-se a Força Aérea (235.000) e a Marinha (235.000).
Com uma fronteira terrestre de mais de 22.000 quilómetros e 18.000 quilómetros de costa, a China é também “um dos países com mais vizinhos e as mais extensas fronteiras”, salienta o referido Livro Branco a propósito dos “múltiplos e complexos desafios” enfrentados pela China no âmbito da segurança.
“A China nunca procurará a hegemonia, não se comportará de maneira hegemónica, nem se empenhará numa expansão militar”, proclama o documento.
Oficialmente, as forças armadas chinesas mantêm o nome herdado da revolução comunista: Exército Popular de Libertação (EPL).
Além dos três ramos tradicionais (Exército, Marinha e Força Aérea), o EPL integra uma Segunda Força de Artilharia, descrita como “o núcleo da dissuasão estratégica” do país e composta sobretudo por mísseis nucleares e convencionais, cujos efetivos não foram quantificados.
RTPNOTÍCIAS/montedo.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo