Escolha uma Página
Sargento do exército acusado de abuso sexual é levado para Osasco
Militar teve relações sexuais com a menina em um motel em São Vicente.
Ele foi preso e estava na Delegacia da Mulher em Santos.
O sargento do Exército Brasileiro acusado de abusar de uma menina de 12 anos foi transferido para o quartel de Osasco, na Grande São Paulo. Ele foi preso na tarde desta sexta-feira (21) e estava na Delegacia da Mulher, em Santos, no litoral de São Paulo
Edson Vitor Firmino, de 39 anos, foi levado por militares do 2º Batalhão de Infantaria Leve de São Vicente. O sargento foi preso depois de uma denúncia anônima recebida pelo Conselho Tutelar. Ele e a jovem foram abordados próximo do motel onde estavam juntos. A delegada Deborah Perez Lazaro disse que a menina estava no motel com o militar e que ele a convidou para um programa dizendo que pagaria a ela R$ 300,00. “Ele a conheceu através da prima dela, também menor de idade, 14 anos, que já mantinha encontros com esse rapaz”, diz.
Segundo os responsáveis pelo hotel, o rapaz entrou de carro sozinho no local, apresentou o documento para a recepcionista e se hospedou. O responsável diz ainda que desconfia que a menina tenha entrado no porta-malas do veículo. Ele afirma que na entrada pedem os documentos de todos os clientes e todos são colocados no livro de hóspedes.
A menina passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e o lado comprovou a relação sexual. Foram apreendidos alguns produtos, vários preservativos e roupas íntimas. Ela e o acusado prestaram depoimento na Delegacia da Mulher, em Santos. O advogado do acusado, Fabio Comitri Rigo, disse que o militar está passando por um momento de depressão e que a menina não cobrou nada para ter relações sexuais com o sargento. Segundo a delegada, o militar vai responder pelo crime de estupro de vulnerável.
G1/montedo.com

Skip to content