Escolha uma Página
O Exército e a Força Aérea Brasileira (FAB) receberam caminhões, pick-ups e jipes comprados por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC Equipamentos), que foi ampliado. Na Medida Provisória (MP) 573, de 27 de junho, o governo federal abriu crédito extraordinário de R$ 6,84 bilhões para nove ministérios, como medida de apoio às indústrias nacionais que perderam vendas por conta da crise internacional. O Ministério da Defesa tem disponível R$ 1,527 bilhão para a compra de materiais – sendo R$ 106 milhões foram para a Marinha, R$ 1,3 bilhão para o Exército e R$ 93 milhões para a FAB.
No caso do Exército, outra MP, a nº 572, de 5 de junho de 2012, também destinou crédito especial para a Força Terrestre, que recebeu um total de R$ 381 milhões. O aporte teve o objetivo de apoiar comunidades afetadas por desastres ou calamidades. Dessa quantia, R$ 309 milhões são para a compra de 1.209 viaturas de diversos tipos e montadoras. O restante do dinheiro será usado para capacitação de recursos humanos, manutenção e pagamento de despesas.
Os veículos do Exército serão usados para reforçar o Programa Emergencial de Distribuição de Água Potável no Semiárido Brasileiro (Operação Pipa). No total serão 110 caminhões-pipa de 12 mil litros, 459 caminhões de 5 toneladas, 48 jipes militares, 272 pick-ups militares, 300 caminhões de carga geral de 8 toneladas e 20 pick-ups civis. Além disso, 759 reservatórios flexíveis foram adquiridos e serão entregues na semana que vem.
Pantanal News/montedo.com
Skip to content