Escolha uma Página
Pelo menos sete soldados russos foram mortos nesta terça-feira por um companheiro – que foi abatido – na república do Daguestão, na fronteira com o Azerbaijão.
“Um soldado profissional da guarda fronteiriça abriu fogo contra seus companheiros que faziam guarda na entrada do quartel”, informou um porta-voz do Ministério do Interior da república.
Após matar dois soldados, o assassino entrou no quartel, onde atirou em outras cinco pessoas antes de morrer sob fogo cruzado. EFE
Terra/montedo.com
Skip to content