Escolha uma Página
Bombeiros comandam combate a incêndios no Pantanal neste sábado
Imagem: Bombeiros/MS

Sílvio Andrade
Depois de sobrevoar ontem à tarde a área atingida pelo fogo na fronteira de Corumbá com a Bolívia, na planície pantaneira, o major bombeiro Fábio Catarinelli, que coordena a força-tarefa integrada pelo Exército, Marinha e Polícia Militar, ordenou uma ação por terra e água neste sábado. As equipes dos brigadistas saem de barco para pontos estratégicos pré-definidos logo pela manhã.
Os focos de incêndios se propagam há pelo menos três dias na fronteira, onde o fogo já queimou mais de quatro mil hectares, a maioria na planície pantaneira. Catarinelli informou que as chamas perderam sua intensidade, depois de uma chuva rápida que caiu na área, ontem, mas é preciso uma ação rápida para impedir que novos focos surjam com a facilidade de combustão devido a vegetação seca.
O vôo de helicóptero da Marinha realizado pelo coordenador da operação permitiu avaliar a situação e definir os pontos de acesso, uma vez que o local, devido a densa mata, poderia exigir um combate aéreo do fogo. A força-tarefa terá a participação de 100 homens, sendo 50 da Marinha, 30 do Exército e 20 da Polícia Militar. A ação tem o apoio do Ibama e da prefeitura de Corumbá.
“Só o Bombeiros não teria estrutura para combater o incêndio, por isso buscamos o apoio das demais instituições”, explicou o comandante da corporação de Corumbá, tenente-coronel Sidney Ribeiro da Cruz. Ele informou que a Polícia Militar Ambiental (PMA) está investigando as causas do incêndio, que pode ter sido criminoso. A região – 30 km em linha reta do porto geral – é caminho dos catadores de iscas.
Capital do Pantanal/montedo.com
Skip to content