Escolha uma Página
Tropas distribuídas nos bairros vêm garantindo a segurança na capital
Foto: Neidson Moreira
O comando militar vem estudando novas medidas a serem adotadas pelas tropas, com a continuidade da paralisação dos policiais e bombeiros militares, e a adesão ao movimento paredista pelos policiais civis e peritos criminais. Desde a semana passada, o comando coordena operações de segurança e policiamento na capital e interior.
De acordo com o oficial de comunicação da Operação Maranhão, tenente-coronel Charles, as Forças Armadas estão prontas a garantir a segurança da população e a preservação das instalações públicas. O Exército conta com um efetivo de 1100 homens de unidades militares de três estados (Maranhão, Ceará e Piauí). Eles estão posicionados para realizar o patrulhamento ostensivo e o reconhecimento motorizado em toda a cidade. A Marinha disponibilizou um pelotão de 15 fuzileiros navais para monitorar o Porto do Itaqui, enquanto 150 militares da Aeronáutica vêm atuando na guarda do aeroporto.
O tenente-coronel destacou que as Forças Armadas trabalham de forma integrada com os órgãos de segurança pública do estado e município. As viaturas da Polícia Militar estão sendo utilizadas para a incursão das tropas nos bairros de São Luís. O efetivo da Guarda Municipal também colabora no policiamento.
Somado a estes, a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e a Força Nacional estão envolvidas nas operações.”As necessidades são sempre maiores que as dificuldades” disse o tenente-coronel Charles, observando que as operações podem contar com o reforço de tropas a qualquer momento. Segundo o oficial de comunicação, não houve mudança de rotina no policiamento e a população pode comunicar ocorrências pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), pelo telefone 190, e pelo Disque-Denúncia (telefones 3223 5800, em São Luís, e 0300 313 5800, no interior). “Temos que passar para a cidade a sensação de segurança, para que as pessoas percebam que a normalidade não foi alterada”, concluiu o comandante.
O Imparcial/montedo.com
Skip to content