Escolha uma Página
Chávez anuncia aumento salarial de 50% para militares
O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou na quarta-feira um aumento de salários de 50% para as Forças Armadas Bolivarianas, advertindo os oficiais sobre alegadas estratégias desestabilizadoras da oposição.
“Vamos aumentar 50% o salário do sector militar. É o aumento que vamos fazer e vocês merecem isso. Vamos fazê-lo com efeitos retroactivos ao dia 1 de Setembro”, disse.
O presidente da Venezuela falava durante um acto no Teatro da Academia Militar de Caracas, durante o qual oficializou a entrega de apartamentos aos oficiais e deu instruções para suspender o pagamento de quotas iniciais da compra de casas e automóveis ao sector castrense, argumentando que não contam com recursos suficientes.
Por outro lado vincou que em governos anteriores os salários dos militares passavam anos congelados.
Chávez alertou que a oposição tem utilizado alguns militares para alegadamente tentar desestabilizar o país com vista às eleições presidenciais de Outubro de 2012.
“Eles (oposição) sabem que não nos vão ganhar. As mesmas sondagens deles dizem que o apoio ao governo está crescendo”, frisou.
Hugo Chávez criticou ainda as acções da Organização do Tratado do Atlântico Norte, pela maneira “terrorista” como actuou “para assassinar” ao ex-presidente da Líbia.
Pediu também união aos aspirantes a cadetes e oficiais das Forças Armadas.
“Temos que estar unidos, um povo unido, umas Forças Armadas unidas”, frisou.
dnoticiaspt
Skip to content