Escolha uma Página
EUA certificam avião brasileiro de defesa Super Tucano

A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês) certificou o avião de defesa Super Tucano, segundo informou nesta quarta-feira a Embraer.
O certificado, segundo a companhia brasileira, aprovou a capacidade da aeronave “para realizar missões de treinamento avançadas e contra insurgência para as Forças Armadas americanas”.
Com a homologação, a Embraer recebeu a autorização para realizar provas de demonstração do avião nas bases militares dos EUA, “o que criará novas oportunidades de negócios no maior mercado de defesa do mundo”.
“O Super Tucano é o avião tecnologicamente mais avançado de sua categoria, com experiência comprovada em todos os países nos quais opera, e vimos uma crescente demonstração do interesse por parte das Forças Armadas (americanas)”, afirmou Luiz Carlos Aguiar, presidente da Embraer Defesa e Segurança.
As demonstrações nos EUA estarão a cargo da operadora Tactical Air Defense Services, que presta serviços de treino militar ao Exército desse país.
Desde seu lançamento no mercado há sete anos, os 150 aviões Super Tucano, que operam no Brasil, Colômbia, Chile, Equador e República Dominicana, acumulam 130 mil horas de voo, 18 mil delas de combate, sem nenhuma perda de aeronaves.
EFE
Skip to content