Escolha uma Página
Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira divulga resultados de operação em Albuquerque
Com cerca de 140 homens, 16 viaturas e três embarcações o GGI-F (Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira), realizou a Operação Presença 1 na região de Albuquerque em Corumbá. A operação aconteceu na quinta-feira (20) e sexta-feira (21) e contou com bloqueios nas vias de acesso ao Distrito de Albuquerque montadas pelo Exército Brasileiro, fiscalização fluvial realizada pela Marinha do Brasil e Polícia Militar Ambiental, fiscalização pelo Corpo de Bombeiros Militar, abordagens policiais pelas policias militar e civil e palestras ministradas pelo Promotor Luciano Anechini Lara Leite (5º Promotor de Justiça de Corumbá), Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, do Patrimônio Público, Curadoria dos Registros Públicos e das Fundações e crimes correlatos.
Os instrutores do PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas) falaram sobre prevenção ao uso de drogas e a violência orientando alunos da Escola Municipal Rural Luiz de Albuquerque, como se manter longe das drogas e da violência. Os pais dos alunos também participaram das palestras de prevenção ao uso e abuso de drogas e violência, cidadania, Polícia Comunitária, defesa do consumidor, exploração sexual infantil, Lei Maria da Penha, vigilância sanitária, educação ambiental e palestra sobre as atividades do Exército Brasileiro e suas ações sociais.

Leia também:
FORÇAS ARMADAS REALIZAM “OPERAÇÃO PRESENÇA” NA FRONTEIRA DO MS

Ao final da operação foram registradas 78 abordagens a pessoas, 193 veículos vistoriados sendo 116 veículos de passeio, 12 ônibus e 57 motocicletas e 8 caminhões. Durante a operação 31 pessoas foram checadas, uma pessoa detida, 66 munições apreendidas e 9 estabelecimentos comerciais fiscalizados. O Ministério Público em ação conjunta com o 6º BPM e Vigilância Sanitária vistoriaram seis casas noturnas em ação de combate a exploração sexual infantil, mas nada foi encontrado. As guarnições da Polícia Militar Ambiental vistoriaram 28 embarcações, apreenderam um barco com motor, um molinete e quatro quilos de pescado irregular e ainda autuaram dois estabelecimentos por funcionavam sem licença. Foram realizadas notificações pela vigilância sanitária e Corpo de Bombeiros.
Para a realizaçã da checagem de pessoas e documentos de veículos foram montadas bases de operação pelo Exército e pelas policiais Militar e Civil. A base de operação das policiais Militar e Civil foi montada na estrutura cedida pela escola municipal local onde eram feitas checagens através do sistema SIGO e INFOSEG.
Esta foi a primeira ação efetiva do GGI-F na região de Corumbá e segundo o Secretário Executivo do órgão Coronel PM Valter Godoy Rojas, outra operações acontecerão ainda este ano na região de fronteira com a Bolívia.
MídiaMax
Skip to content