Escolha uma Página
Hospital não confirma morte cerebral de cadete
O Samer Hospital, em Resende, no Sul Fluminense, contradisse a informação do Comando da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), de que o cadete Renan Vasconcelos Borges Gama, de 23 anos, teve morte cerebral. Em boletim médico divulgado na tarde desta quarta-feira, a unidade de saúde informa que o estado de saúde de Renan é muito grave, ele está em coma profundo e respira através de aparelhos. As informações são da TV Rio Sul.
 Foto: Reprodução da internet
O cadete é aluno do 3º ano do Curso de Artilharia, passou mal no dia 24 de setembro, após a realização de um exercício de treinamento. Em nota divulgada pela instituição militar na tarde desta terça-feira, a Aman explica que o jovem foi encaminhado ao Hospital Escola da Academia. Após exames preliminares, Gama foi transferido para a Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Samer, também em Resende, no Sul Fluminense. O hospital ainda não se pronunciou sobre qual foi a causa da morte do cadete.
Sobre o incidente com Renan, os médicos estariam trabalhando, a princípio, com três hipóteses: Leptospirose, Febre Maculosa ou Rabdomiólise. Todas apresentam sintomas iniciais parecidos, como febre, náuseas, vômitos, dores musculares e dores de cabeça.
Morador de São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, Renan teria sofrido o rompimento de uma artéria no cérebro nesta quarta-feira, o que agravou o quadro. Cadetes colegas de Renan, que pediram para não serem identificados, denunciaram que houve omissão de socorro ao rapaz.
Comando instaura processo
O Comando da Aman informou, por nota, que instaurou processo administrativo para apurar os fatos, mas que até esta quarta-feira não foi recebida denúncia sobre maus-tratos por parte de militares ou de omissão de socorro à vítima.
Também por nota, o Exército afirmou que lamenta o ocorrido e que presta apoio aos familiares através de ‘orientação religiosa, psicológica e médica’.

Leia também:
CADETE DA AMAN É INTERNADO EM UTI APÓS PASSA MAL EM TREINAMENTO

CADETE EM COMA TEVE SOCORRO NEGADO POR INSTRUTOR

          CADETE DA AMAM TEM MORTE CEREBRAL


Pai de Larissa de Melo, namorada de Renan, Alcidemar de Melo Soares disse que se o Exército tivesse atendido prontamente o cadete, o estado de saúde dele não teria se agravado. De acordo com Alcidemar, o atendimento médico demorou.
Skip to content