Escolha uma Página
Soldado salva colega atingido por estilhaços de bomba
Paul Vice foi salvo por soldado após 
ser atingido por estilhaços de bomba 
Foto: Reprodução Internet
Um oficial da Marinha Real Britânica sobreviveu milagrosamente a um ferimento causado por estilhaços de uma bomba graças a um colega de Forças Armadas. Paul Vice, 28, cujo ferimento foi tão grave que seu coração parou de bater, foi salvo quando um soldado pressionou um joelho sobre a ferida aberta para parar o sangramento e salvou sua vida.
O oficial também teve cortes nas pernas e braços, causados pelos fragmentos da bomba.
Vice foi socorrido por seu colega e, em seguida, levado para um hospital local, onde passou por cirurgia de emergência. Mais tarde ele foi levado um outro hospital em Birmingham, na Inglaterra, e já foi submetido a duas outras operações.
“Nós recebemos a ligação de sua esposa Tessa e realmente pensamos que ele estivesse morto quando chegamos lá”, disse o pai do oficial. “Ele estava morto – ele parou de respirar, mas voltou à vida”, afirmou.
O oficial – que estava em sua quarta missão no Afeganistão – estava com seis homens quando o explosivo improvisado foi detonado, há duas semanas. Seu discurso ainda é atrapalhado e ele não pode mover o braço esquerdo e uma das pernas, mas está se recuperando lentamente.
“Ele está um pouco surdo por causa da explosão. Além disso, estilhaços da bomba ainda se encontram em seu corpo e no rosto”, afirmaram os médicos que atenderam Vice. “Esperamos que a sua fala e movimentos voltem ao normal. Seu cérebro foi privado de oxigênio por um tempo, mas acreditamos que ele vá se recuperar normalmente.
O DIA ONLINE
Skip to content