Escolha uma Página

Força Militar: Contra abuso nos treinamentos
MARCO AURÉLIO REIS

Os excessos nos treinamentos especializados para capacitação de militares das Forças Armadas despertaram a atenção do Ministério Público Militar. Depois do Carnaval, a procuradora-geral de Justiça Militar, Cláudia Márcia Ramalho Moreira Luz, leva o assunto para o Conselho Nacional de Procuradores-Gerais dos Estados e da União. O CNPG se reúne nos dias 28 e 29, em Belo Horizonte. Cláudia Márcia quer colocar os excessos na pauta do conselho e após isso encaminhará recomendação aos comandantes das Forças Armadas. Nela, vai reforçar a necessidade de observância dos cuidados previstos em lei para os treinamentos. A procuradora quer levar a discussão também para as PMs e Bombeiros dos estados. Segundo o MP Militar, é crescente o número de processos em trâmite envolvendo crimes cometidos por instrutores no treinamento de tropas. Morte após exercícios intensos sob sol forte e afogamentos em treinos em rios e ferimentos com tiros de festim. Esses são os principais crimes que chegam à Justiça.
O DIA ON LINE
Skip to content