Escolha uma Página
Militar da aeronáutica não resiste a acidente na zona sul de Manaus
Uma carreta desgovernada atingiu 11 carros na noite da última quinta-feira(3). Dois militares foram vitimados, um deles não resistiu e outro segue sem risco de vida
Pálio onde estavam os militares da Aeronáutica ficou esmagado. (Raphael Alves)

LEANDRO TAPAJÓS
O cabo da aeronáutica Rex James Batista Hernandes, 40, morreu após o acidente de trânsito ocorrido na avenida General Rodrigo Otávio, no bairro Crespo, Zona Sul de Manaus, por volta das 18h (horário Manaus) da ultima quinta-feira(3). O sargento Paulo Roberto Salvador Bueno, 39, que estava no mesmo veículo esmagado por uma carreta durante o acidente não corre risco de vida e está internado no Hospital da Aeronáutica de Manaus.
De acordo com informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) após o acidente as vítimas foram encaminhas ao Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus.
Ainda na noite de quinta-feira, os militares foram levados para outro hospital, o Pronto socorro 28 de agosto. Mas, o cabo Rex James não chegou a unidade de saúde com vida.
O motorista da carreta envolvida no acidente, Alex Ferreira da Silva, 34, também sofreu ferimentos leves e recebeu alta na noite de quinta-feira.
A Assessoria de Comunicação da Base Aérea de Manaus informou, por meio de nota à imprensa, que o militar Paulo Bueno se encontra internado e fora de risco de morte.
O velório do cabo James será celebrado nesta sexta-feira (4),em uma Igreja Evangélica no bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus. O sepultamento deve ocorrer as 16h no cemitério Parque Tarumã, Zona Oeste de Manaus.
A CRÍTICA
Skip to content