Escolha uma Página
Brasil conquista um Ouro e um Bronze no 45º Mundial Militar de Tiro
Major Emerson Duarte
Após duas medalhas de prata, o Brasil finalmente comemorou uma medalha de ouro no 45º Campeonato Mundial Militar de Tiro, que está sendo disputado no Centro Nacional de Tiro Esportivo, no Rio de Janeiro. No dia 03 de dezembro (sexta-feira), o trio formado pelo major Emerson Duarte, pelo major Iengo Batista, e pelo tenente coronel Júlio Almeida somou 1732 pontos na prova da Pistola de Tiro Rápido Militar.
Os anfitriões superaram por seis pontos a equipe da Ucrânia, formada pelo campeão olímpico em Pequim-2008, Capitão Oleksandr Petriv, o major Oleg Tkachov e o sargento Oleksandr Horokhoviskyi. O bronze ficou com a Turquia, que somou 1721 com o Sargento Yusuf Dikec, o capitão Yavuz Keskin, e o tenente Kavruk Fatih.
Na prova por equipes do Fuzil Rápido Militar, mais uma disputa emocionante. A Áustria marcou 1666 pontos e superou a Noruega por apenas um. Os responsáveis pela medalha foram os sargentos Stefan Raser, Martin Strempfl e Michal Podolak. Os noruegueses ficaram com a prata competindo com os sargentos Odd Ame Brekne e Vebjom Berg, e o soldado Ole-Kristian Bryhn. A Dinamarca completou o pódio com os sargentos Allan Aagaard e Lars Jepsen e o soldado René Kristiansen.
Entre as mulheres, a Alemanha conquistou o ouro por equipe na Pistola de Tiro Rápido Militar 25 m. A equipe alemã, formada pelas Sargentos Claudia Verdicchio-Krause, Sandra Hornung e Stefanie Thurmann, levou a melhor sobre chinesas e brasileiras, que ficaram com a medalha de prata e de bronze, respectivamente.
A equipe brasileira foi formada pela major Ana Luiza Mello, a tenente Cibele Breide Martins e a sargento Roberta Boldrini Mota. Assim, depois das provas dessa sexta, o Brasil soma uma de ouro, duas de prata e uma de bronze no quadro geral de medalhas da competição.
Na final da Carabina Três Posições, a China subiu no alto do pódio com a Capitã Wen Yin e as Tenentes Zhongyue Shao e Xiangyan Wan. A Alemanha, que contou a campeã mundial da prova, a Sargento alemã Barbara Lechner em sua equipe, além das também Sargento Sonja Pfeilschifter e Eva Friedel, ficou com a prata.
Já a Suécia, da Engenheira de Voo Linda Olofsson, que bateu o recorde mundial da Carabina Deitado na quarta-feira [02/12], conquistou o bronze. Capitã Christina Bengtsson e a Tenente Anna Normann completam a equipe terceira colocada no 45º Campeonato Mundial Militar de Tiro. [ www.rio2011.mil.br ].
PORTAL FATOR BRASIL


Leia também:

BRASIL É PRATA NO MUNDIAL MILITAR DE TIRO

Skip to content