Escolha uma Página

Cento e trinta militares do 22º Batalhão de Infantaria garantiram a segurança externa para uma revista feita na Casa de Prisão Provisória de Palmas, capital de Tocantins. A ação ocorreu na última quinta-feira (2) e resultou na apreensão de vinte celulares, crack, maconha, cocaína e diversas facas. Um fato curioso: um dos aparelhos celulares estava escondido dentro de um livro jurídico.

(Foto: Deniss Tavares-SSP/TO)

Além das tropas do Exército, participaram da ação 100 policiais civis e 150 PMs.
Com informações da Folha On-Line
Skip to content