Escolha uma Página
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira (25) que Brasil e Guiné-Bissau devem trabalhar juntos para que os dois países possam crescer. Entre as ações realizados pelo dois países, Lula destacou o treinamento de estudantes guineenses pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). De acordo com Lula, 150 estudantes da Guiné já estão no mercado de trabalho e 1,2 mil já fizeram cursos no Senai.
O presidente disse ainda que, em parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU), o Brasil vai enviar uma missão técnica militar para reorganizar as Forças Armadas da Guiné. “Isso contribuirá para treinamento das tropas guineenses ajudando a transformá-las em agentes da paz e de transformação nacional”, afirmou Lula durante almoço no Ministério das Relações Exteriores na presença do presidente da Guiné-Bissau, Malam Bacai Sanha. Leia mais.
Skip to content