Escolha uma Página
Um homem foi preso com armas e fardas do Exército Brasileiro em Nova Lima, na Grande Belo Horizonte (MG), na madrugada desta quinta-feira (5). O armamento encontrado com o suspeito teria sido roubado de um colecionador com registro na Polícia Federal. As informações são do jornal Hoje em Dia.
Em um matagal próximo à casa de Júnior Duarte Rodrigues, 27 anos, a polícia encontrou uma pistola calibre .45 e outra 9 milímetros, ambas de uso restrito às Forças Armadas. O material foi encontrado com ajuda de denúncias anônimas, com relatos de que as armas seriam vendidas.
Segundo militares da 1ª Companhia da Polícia Militar de Nova Lima, as pistolas teriam sido roubadas da casa de um colecionador para quem Júnior trabalhou durante seis anos. As armas eram legalizadas e com registro junto à Polícia Federal.
Na delegacia, o suspeito negou os crimes e explicou que guardava fardas do Exército em casa porque havia feito um concurso público. Depois de se contradizer várias vezes, o homem disse que o presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva, estaria convocando pessoas para “fazer a guarda de reservas que exploram petróleo no pré-sal”.
*Com reportagem de Izabela Ventura
Skip to content