Escolha uma Página
A Justiça decretou, nesta terça-feira, a prisão preventiva de dois jovens, de 19 e 20 anos de idade, envolvidos no vídeo que mostra cenas de sexo envolvendo uma menor de idade. De acordo com o delegado Carlos Beuter, a Polícia Civil solicitou a prisão de ambos porque o fato causou comoção social e perturbou a tranqüilidade pública. Os jovens, que tinham 19 anos em dezembro, quando o vídeo foi realizado, estão detidos na Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos das Armas (EASA), em Cruz Alta. Ainda segundo Beuter, ambos permanecem detidos no quartel até sentença condenatória ou sua desvinculação com o Exército.
A Polícia Civil investiga, ainda, a divulgação e distribuição do vídeo, tentando identificar aparelhos celulares que contenham as cenas e realizando monitoramento na Internet. A divulgação deste tipo de material para resultar em 3 a 6 anos de prisão.
Skip to content