Escolha uma Página

O canhão “Cristiano”,  assim chamado por ter sido fundido a partir dos sinos recolhidos das igrejas de Assunción e trazido para o Rio de Janeiro como troféu de guerra pelas tropas brasileiras após a vitória no Paraguai, será devolvido aquele país,

O canhão foi tomado após a ocupação da fortaleza de Humaitá, em fevereiro de 1868, batalha decisiva do conflito entre os paraguaios e as tropas da Tríplice Aliança (Brasil, Argentina e Uruguay) e encontra-se atualmente no Museu Histórico Nacional.

Skip to content