Major do Exército é destaque em curso realizado na Espanha

Imagem: Aditância do Brasil na Espanha

Diplomacia Militar

Madri (Espanha) – O Major Josias Marcos de Resende Silva ficou entre os primeiros colocados gerais, conquistando o 1º lugar entre os oficiais estrangeiros ao concluir o XXV Curso de Estado-Maior das Forças Armadas (CEMFAS) no Reino da Espanha.

Imagem: Aditância do Brasil na Espanha

Devido a esse desempenho, o Major Josias recebeu o prêmio Capitán General Blake, concedido pelo Exército de Terra Espanhol, e teve a honra de receber um diploma de reconhecimento diretamente das mãos do Rei Felipe VI, em uma cerimônia realizada no tradicional Centro Superior de Estudos de Defesa Nacional.

O curso capacita oficiais superiores das Forças Armadas para desempenharem funções de assessoria e apoio à alta direção nos órgãos superiores das Forças Armadas espanholas e nos organismos internacionais. Os oficiais formados são preparados para planejar, assessorar, coordenar e controlar operações militares específicas, conjuntas e combinadas. Além disso, adquirem habilidades em análise, pensamento crítico, liderança e comunicação eficaz, preparando-os para enfrentar desafios complexos e contribuir ativamente na segurança e defesa, tanto nacionais quanto internacionais.

O XXV CEMFAS teve duração aproximada de 10 meses e contou com a participação de 139 alunos, incluindo 27 oficiais estrangeiros de países da OTAN, como Alemanha, Estados Unidos, França, Itália, Portugal e Reino Unido, além de oficiais de nações amigas da América Latina, Ásia e África.

A presença de militares brasileiros em estabelecimentos de ensino militar estrangeiros faz parte dos Objetivos Estratégicos do Exército Brasileiro, visando incrementar a integração, a cooperação e a confiança mútua com os exércitos de nações amigas, bem como projetar a imagem do Brasil e do Exército Brasileiro no cenário internacional.

A cerimônia de encerramento contou com a presença do Embaixador do Brasil no Reino da Espanha, Orlando Leite Ribeiro, e do Adido de Defesa e do Exército naquele país, Coronel Tiaraju Kanomata de Mesquita.

Aditância do Brasil na Espanha (EB) – Edição: Montedo.com

4 respostas

  1. Enquanto isso, professores, servidores e técnicos-administrativos das universidades federais assinaram na quinta-feira (27) o acordo com o governo para encerrar a greve.
    Aos técnicos-administrativos, o governo propôs um reajuste salarial de 9% em janeiro de 2025 e 5% em abril de 2026. Também há melhorias para valorização da carreira.
    Os professores também aceitaram a proposta de reajuste salarial para 2025 e 2026. Cada nível profissional tem uma porcentagem diferente.
    A pergunta que fica é de quanto será o reajuste para os militares, que, diferente do funcionalismo civil da União, é acordado com a Presidencia da República.
    Será que se esqueceram de nós mais um ano e ficaremos a ver navios.

    O Prazo para incluir o nosso reajuste no orçamento do próximo ano está se esgotando e até o momento nenhuma notícia.

    Fonte:

    https://educacao.uol.com.br/noticias/2024/06/27/professores-e-tecnicos-assinam-acordo-e-encerram-greve.htm

  2. Muita gente fazendo curso fora, sem objetivo estratégico. Os caras voltam, dão uma palestra rolha sobre a “impressão do militar sobre o curso” e acaba por aí. O Exército se apega às esses prêmios por boa colocação, lembrando que o Exército manda fazer um curso equivalente no exterior somente militares que já possuem o curso no Brasil. Sendo óbvio que o militar já chega em vantagem no curso. Cabe ressaltar que assim como no Brasil o curso para “estrangeiros” tem certas peculiaridades, que difere dos cursos ministrados para os “nacionais”. Resumindo, esses cursos no exterior não agrega em nada, a não ser mais $$ para o militar e pontos para a carreira. Acho errado isso! Ainda sobre este curso, dá pra ver que a ECEME aqui no Brasil poderia ser feito em 12 meses ou menos, só acabar com essas viagens chamado PCI(passeio) e um monte de palestra rolha(palestra repetida desde a AMAN( ex: peculiaridades do COTER, do DGP, do Comando Mlilitar de área( e muita idiotice)…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo