Os Cid, pai e filho, vão depor à PF em cidades diferentes; saiba detalhes

Cid Pai Cid Filho

PF marcou depoimentos de Mauro Cid e do pai dele para o mesmo dia e mesmo horário. Os depoimentos, porém, ocorrerão em cidades diferentes
Igor Gadelha
Ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro, o tenente-coronel Mauro Cid e o pai dele, o general da reserva Mauro Lourena Cid, vão depor à Polícia Federal no mesmo dia e horário, mas em cidades diferentes.

Os dois depoimentos foram marcados para a terça-feira (18/3), no mesmo horário: 15h. O do Mauro Cid será na sede da PF em Brasília. Já o do pai dele será no Serviço de Inteligência da PF do Rio de Janeiro, onde o general mora.

Os mandatos de intimação foram enviados pela PF nessa quarta-feira (12/6) e ressaltam que eles foram intimidados para depor no inquérito que apura o caso das joias sauditas comercializadas por Bolsonaro.

“Em cumprimento à determinação de FABIO ALVAREZ SHOR (sic), delegado de Polícia Federal, no uso da atribuição a que lhe é conferida pelo art. 6º do Código de Processo Penal, DETERMINA (sic) ao policial federal a quem este couber que intime MAURO CESAR BARBOSA CID (sic) a fim de prestar esclarecimentos no interesse do caso supra indicado, devendo apresentar documento de identificação com foto”, diz o texto da intimação de Mauro Cid, ao qual a coluna teve acesso.

Cid, segundo interlocutores, deve repetir à PF o que já tem dito nos bastidores a aliados: que não tem conhecimento de uma suposta nova joia negociada de forma ilegal por emissários de Bolsonaro nos Estados Unidos.

METRÓPOLES

4 respostas

  1. Pobre do Coronel Cid caiu no conto da linguistica: “Manda quem pode, obedece quem tem juízo”, simples assim, como ajudante de ordens de um superior lhe cabia obedecer tudo o que era lhe direcionado a fazer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo