Forças Armadas combatem garimpo ilegal em Terra Yanomami

Imagem: CMA

Ação envolveu militares do 7º Batalhão de Infantaria de Selva, agentes da Força Nacional e do IBAMA

Manaus– Como parte da Operação Catrimani II, coordenada pelo Ministério da Defesa, as Forças Armadas realizaram na última semana mais uma ação de combate ao garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami. A missão, denominada “KREA” (quebrar, no dialeto wakathautheri), ocorreu em articulação com a Casa de Governo em Roraima e contou com a participação de militares do Grupo de Combate do 7º Batalhão de Infantaria de Selva, além de agentes da Força Nacional e do IBAMA.

Os alvos da ação estavam localizados na região de Uraricoera, onde foram identificados e posteriormente destruídos dois acampamentos ilegais de garimpo, uma embarcação, um motor e um gerador. Durante a incursão, também foram encontrados mais de 80 sacos de cassiterita.

Ao término da ação repressiva, a equipe foi acionada para resgatar um homem com suspeita de leishmaniose visceral, doença que afeta os órgãos internos, transmitida pela picada do mosquito-palha, na região de Palimiú, na Terra Indígena Yanomami. Devido à falta de infraestrutura médica e de exames especializados na área, foi necessário fazer uma evacuação aeromédica do paciente. Para isso, foi utilizado o método casualty evacuation, que envolve a remoção inicial do enfermo para um ponto onde possa receber cuidados médicos iniciais, sem a obrigatoriedade de equipe médica a bordo.

O Chefe do Estado-Maior da Operação, Brigadeiro do Ar Steven Meier, afirmou que os esforços conjuntos entre as Forças Armadas, as Forças Nacionais e o IBAMA resultam em melhores resultados para o objetivo final da Catrimani II. “A missão KREA foi mais um passo para desarticular o fluxo logístico do garimpo e neutralizar a infraestrutura que sustenta essa atividade”, declarou. Ele também comentou sobre o preparo da equipe para lidar com diferentes situações adversas. “Uma ação de evacuação aeromédica acionada durante uma operação repressiva demonstra toda a versatilidade, interoperabilidade e pronta-resposta dos meios empregados na Operação Catrimani II”.

Imagem: CMA

Comando Conjunto Catrimani II
A Operação Catrimani IIé uma ação conjunta coordenada entre órgãos de Segurança Pública, Agências e Forças Armadas no emprego, temporário e episódico, de meios na Terra Indígena Yanomami, em cumprimento à portaria do Ministério da Defesa.

No mês de abril, o Exército iniciava a nova fase de combate ao garimpo em Terra Yanomami.

CMA (EB) – Edição: Montedo.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo