Boliviano é preso por militares do Exército com quase 13 Kg de maconha em ônibus

Destino final da droga era a capital paulista

Destino final da droga era a capital paulista
Leonardo Cabral

Corumbá (MS) – Homem de nacionalidade boliviana, de 23 anos, foi preso por tráfico de drogas, na tarde de quinta-feira (15). Ele foi flagrado por militares do Exército Brasileiro com quase 13 kg de maconha, em um ônibus de viagem, que fazia a linha Corumbá/São Paulo.

O ônibus foi parado no Posto de Fiscalização Lampião Aceso, que fica às margens da BR-262. Foi realizada uma revista e durante buscas, os militares encontraram 12 tabletes de maconha na bagagem do boliviano.

Indagado, o estrangeiro revelou que pegou a mala com entorpecentes na Bolívia e levaria até São Paulo. Relatou ainda que receberia 500 dólares pelo “trabalho”.

O boliviano, nascido na cidade de Roboré, que fica a cerca de 300 quilômetros de Corumbá, foi preso e levado, junto com a droga para a Delegacia de Polícia Federal.

A operação

A presença de militares e de integrantes dos órgãos de segurança pública e de fiscalização é diária na faixa de fronteira. Com a intensificação de ações preventivas e repressivas, o intuito é prevenir e reprimir os crimes transfronteiriços e ambientais, com foco na região do Pantanal Sul-mato-grossense.

A Brigada de Infantaria de Pantanal, conta com tropas do 17º Batalhão de Fronteira, 18ª Companhia de Comunicações, 18º Pelotão de Polícia do Exército, todos de Corumbá; da 2ª Companhia de Fronteira, em Porto Murtinho-MS; do 47º Batalhão de Infantaria, em Coxim-MS e com a participação das Agências, Instituições e Órgãos de Segurança Pública Federais e Estaduais

A Operação Ágata Fronteira Oeste II continua na região.

DIÁRIO CORUMBAENSE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo