PF acha 10 celulares na casa de militar do Exército alvo de operação sobre espionagem na Abin

Celulares e computadores encontrados pela PF na casa de Giancarlo Gomes Rodrigues, militar investigado em operação sobre espionagem na Abin — Foto: Reprodução

Militar teve passagem Gabinete de Segurança Institucional (GSI) no governo Temer

Brasília – A Polícia Federal encontrou 10 celulares, três computadores, uma arma e um HD externo na casa de Giancarlo Gomes Rodrigues. Ele foi alvo de buscas nesta segunda-feira (29), na operação que apura suspeita de monitoramento ilegal de cidadãos pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Segundo a PF, Giancarlo era assessor do ex-diretor da agência e atual deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ).

Em buscas na internet, o nome dele aparece como militar do Exército, vinculado a batalhões no Rio e com passagem também pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) no governo Michel Temer.

Como agência de inteligência, a Abin mantém em sigilo os vínculos de parte dos servidores. O g1 tenta confirmar com a agência o vínculo de Giancarlo.

Os mandados desta segunda miram o “núcleo político” de Ramagem – aliados dele na época da Abin e no atual mandato como deputado federal.

Segundo o blog apurou, o vereador Carlos Bolsonaro é um dos alvos dos mandados de busca e apreensão. Há buscas, inclusive, na Câmara de Vereadores do Rio.

A suspeita é de que Carlos, filho “02” de Jair Bolsonaro, teria recebido “materiais” obtidos ilegalmente pela Abin.

Além de Carlos Bolsonaro e Giancarlo Gomes Rodrigues, também foram alvos nesta segunda:

  • Luciana Paula Garcia da Silva Almeida, assessora de Carlos na Câmara do Rio;
  • Priscila Pereira e Silva, assessora de Alexandre Ramagem na Câmara dos Deputados.

Operação
A ação desta manhã é uma continuação da operação “Vigilância Aproximada”, deflagrada na última quinta (25) para apurar um suposto esquema ilegal de espionagem de pessoas comuns, políticos e autoridades pela Abin.

O monitoramento irregular teria ocorrido sob a gestão de Alexandre Ramagem na agência, durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), e teria mirado também desafetos do ex-presidente.

Na quinta (25), Ramagem foi alvo de buscas – quatro computadores, seis celulares e 20 pendrives foram apreendidos em endereços dele. A TV Globo apurou que, entre os objetos apreendidos, há um notebook e um celular da Abin. Ele nega as acusações.

Ao blog, a Abin afirmou que colabora com as investigações e que, se acionada pela PF, vai fornecer as senhas de supostos equipamentos da agência que tiverem sido apreendidos.

Os crimes, segundo as investigações, envolviam o uso do software “First Mile”, ferramenta de geolocalização que permite identificar as movimentações de pessoas por meio dos celulares delas.

g1

22 respostas

  1. Será que a ABIN tem todos os vídeos apagados pelo Dino em 08 de janeiro? Ou seriam informações de ligações perigosas com o narcotráfico e desvios de dinheiro da União? Um rombo de R$ 234 bilhões mais os R$ 54 bilhões que estavam em caixa no final de 2022 não é pouca coisa não!

  2. Porquê estão tão apavorados em saber o que a Abin sabe sobre eles? E se a Abin sabe alguma coisa muita gente já deve ter as informações que a Abin tem ou não seria prudente guardar só para si. Seria muita ingenuidade imaginar que informações preciosas ficariam guardadas apenas em celulares e PCs.

  3. Esse aí é outro que não aguenta três dias preso.

    Mas a ABIN tinha um chefe maior, o pai grande, o cantor…

    Outra coisa engraçada/trágica é o Exército em silêncio sepulcral. Logo a PF vai tirar da toca pelo rabo os envolvidos.

  4. Eu avise desde do início do governo Bolsonaro que os traidores ia pagar por trair pensionistas, veteranos e as praças de baixa patentes. Nada melhor que um dia após o outro. O tempo é absoluto por isso. O tempo é o senhor absoluto da razão.

  5. E a pergunta gritada a 4 cantos via megafone e emissoras confiáveis há anos, quem matou Marielle?

    Será que monitoraram o megafone ou foi apreendido pela PF?
    Sumiram com o Megafone?
    Silêncio fonia…. Entendi!

    A fonte é G1.

    Sem mais Comentários Meritíssimo!

  6. Está Chegando a Hora, Veremos o que os Autos estudos irão fazer quando o traidor for preso…
    Tem que pagar pelos pecados o santo bolsonerais…
    Com a espada que ele feriu os praças, será ferido também… Mateus 26:52

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo