Parceria entre Marinha e ministério das Relações Exteriores amplia inclusão feminina em Operações de Paz

Imagem: Marinha do Brasil

Iniciativa pioneira está alinhada às metas da ONU para igualdade de gênero

Marcelo Barros
A Marinha do Brasil (MB), através do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN), e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores (MRE), firmaram um acordo inovador de cooperação técnica. A cerimônia de assinatura ocorreu na histórica Fortaleza de São José, no Rio de Janeiro, consolidando um marco na promoção da igualdade de gênero em operações de paz.

Objetivos Alinhados com a ONU
Este acordo está em sintonia com a resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas, que visa aumentar o número de mulheres em operações de paz. O foco é a participação feminina na etapa internacional do Curso de Operações de Paz para Mulheres, conduzido pelo Centro de Operações de Paz de Caráter Naval (COpPazNav), no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC), na Ilha do Governador-RJ.

Liderança e Visão do Acordo
O Almirante de Esquadra Carlos Chagas Vianna Braga, Comandante-Geral do CFN, e a Embaixadora Luiza Lopes da Silva, Diretora-Adjunta da ABC, foram os signatários deste acordo histórico. O Comandante-Geral do CFN enfatizou a importância dessa parceria para o Brasil, destacando a aspiração do país em contribuir ativamente para a paz mundial, uma vocação profundamente enraizada nas Forças Armadas Brasileiras.

Impacto e Relevância da Iniciativa
A Embaixadora Luiza Lopes da Silva ressaltou o caráter pioneiro e a relevância da iniciativa, lembrando a realidade dos conflitos e guerras em várias regiões do mundo. A parceria não só abre novos horizontes para as mulheres nas Forças Armadas, mas também reforça o compromisso do Brasil com a paz global e a igualdade de gênero.
DEFESA EM FOCO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo