Viatura do Exército colide em articulado do BRT na Barra da Tijuca

Divulgação

Mobi-Rio informou que veículo da tropa de segurança tentou acessar a calha no momento da batida. Não houve feridosRio – Um articulado do BRT que fazia a linha 40 (Madureira x Alvorada- expresso) colidiu em uma viatura do Exército Brasileiro na tarde desta quarta-feira (8), na Avenida Ayrton Senna, altura do Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Segundo a Mobi-Rio, concessionária que administra o serviço do BRT, o veículo do Exército tentou acessar a calha e não viu o articulado. Não houve feridos.

Este é o segundo acidente na calha do BRT em menos de 24 horas. O outro acidente, este com um ônibus e uma moto, deixou um policial morto e outro gravemente ferido na noite de terça-feira (7), também na Barra da Tijuca.
Conforme apurado, os policiais atuavam no programa Segurança Presente e realizavam uma perseguição, quando invadiram a calha do BRT, na Avenida das Américas, e foram atingidos pelo coletivo. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 19h17 para a altura do condomínio Mandala e os militares encontraram o agente já sem vida. O PM que sobreviveu ao acidente está internado em um hospital da região.

Forças Nacionais no Rio
O governo reforçou a segurança no Rio no mês passado, desde a Operação Maré, depois que foram revelados o esquema do tráfico da região com treinamento de guerra e armamento pesado. Além disso, o estado também viveu um caos na segurança após a morte de um miliciano em confronto com a Polícia Civil. Na ocasião, pelo menos 35 ônibus foram incendiados em retaliação à ação da polícia. Desde então, o governo federal reforçou efetivos da Força Nacional e intensificou operações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Federal.

O Dia 

2 respostas

  1. Como as antigas piadinha dos ratos de alojamento vagabundo que não faziam nada só ficavam conversando fiado e contando inverdades “vai ver o motorista um QE”
    Bando de inúteis nada nova geração ESA…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo