A confraternização marcada entre Lula e os militares

General Tomás e demais comandantes em cerimônia do Dia do Exército: continência ao presidente Lula Ricardo Stuckert/ Presidência da República

Todos os oficiais-generais quatro estrelas do Brasil participarão do encontro
Bela Megale

O presidente Lula já tem marcada sua próxima agenda de peso com os militares. No dia 18 de dezembro, o petista participará de um almoço com os comandantes do Exército, Aeronáutica e Marinha, os nomes promovidos nas Forças e os oficiais-generais de duas, três e quatro estrelas. O ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, também estará presente.

Todos oficiais-generais quatro estrelas do Brasil participarão do encontro. Já os convites para aqueles de duas e trO clima entre militares e o Ministério da Justiça na reunião sobre a GLOês estrelas ficarão restritos aos militares de Brasília. O almoço acontece no Clube da Marinha.

O encontro será uma espécie de confraternização de fim de ano e vai selar as promoções nas Forças. São esperadas cerca de 300 pessoas, já que os convidados vão comparecer com suas esposas.

Ao longo do ano, o ministro da Defesa, José Múcio, insistiu com Lula sobre a necessidade de prestigiar eventos de militares para restabelecer pontes.

O petista marcou presença em datas como o Dia do Exército, celebrado em abril, no quartel general do Exército, em Brasília.

O Globo

20 respostas

  1. Todos irão, claro.

    Estarão todos rindo, de orelha a orelha, das piadas velhas e sem graça do Barba.

    Essa categoria é a mais bajuladora, áulica e subserviente. E alegam que fazem isso por serem “legalistas”.

    Esquecem que existe uma distância enorme entre ser legalista e ser subserviente.

    1. É a última oportunidade de Lula dar um passo para definitivamente tirar das mãos do Bolsonarismo as FFAA!!

      O Reajuste Nos Soldos De Forma Linear é importantíssimo para selar essa nova fase na relação entre as partes!

  2. Pode parecer o que for. Mas a função de Of Generais é tb política. O que eles fazem e dizem tem peso. É assim em todo o mundo. Nada incomum. E é necessário esse estreitamento de laços. Uma vez que o presidente sangue azul anterior criou um abismo. Um mal estar entre os militares e as demais instituições da república. Não obstante, como seu sangue azul falou mais alto. Ele deixou os praças, seus dependentes e suas viúvas à míngua.

  3. Aumento de soldo… sei não em…

    Se depender de alguns QEs invejosos que querem ser promovovidos a STen sem mérito algum esse aumento não sai.

    QE nem carreira é!!

  4. Esse ano já vi umas quatro notícias sobre a suposta pacificação com o LULA e nada de reajuste. É mais fácil ele sair da confraternização com os militares e assinar aumento para os paisanos, que já estão armando paralização.

  5. Sou de parecer favorável para todos QAO renunciarem seus proventos a fim de financiar os salários dos STEN QE.
    Ou seja, todos QAO voltem a perceber Como STen de carreira.
    Mas, só com uma condição:
    – desde que os Aspirantes a STen QE deixem de digitar “contesto” e outras aberrações.

    1. Essa proposta está fora de conteSto.
      Não está de acordo com a época que papirei milhões nos meus ‘quartos de hora’ na Guarda.
      Sem contextualização do momento, ou com os condições de financiar os salários dos STen QE.

  6. Importante reunião P/ tratar da Segurança Interna.
    Preparo/Emprego da FORÇA:
    – Só isso interessa ao Combatente.
    STen RAIZ de ‘Fato E Direito’.

  7. Churrasco, festa, confraternização.
    Sera que a familia dos soldados podem fazer isso tambem com esse salario de forme e vergonhoso que a união paga e os cmts fingem que esta tudo bem?
    Espirito de porco
    Não pensam na tropa. so isso

  8. Conhecendo nossos Chefes eles vai aproveitar a grande quantidade de Generais e a presença do Ministro da Defesa para pedir a promoção dos QE e reajuste salarial.

  9. Aprovem o plano de Reserva Voluntária. Mais de 20 anos de contribuição desligamento voluntário remunerado e pecuniária reduzida. Será só ganho para o governo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo