Militar do Exército fica gravemente ferido em acidente entre moto e ônibus no interior de Roraima

Jovem militar ficou ferido em acidente na manhã deste domingo — Foto: Reprodução/Instagram/Socorristas_boa_vista

Jovem teve um ferimento profundo e quebrou a perna esquerda. Ele foi levado ao Hospital Geral de Roraima.
Por g1 RR — Boa Vista

Um soldado do Exército, de 20 anos, ficou gravemente ferido em um acidente entre a moto que ele pilotava e um ônibus na BR-174, em Iracema, no Sul de Roraima, na manhã deste domingo (5).

O militar sofreu um ferimento profundo e quebrou a perna esquerda e estava inconsciente quando a Polícia Militar chegou.

À PM, o motorista do ônibus, de 44 anos, disse que seguia na rodovia sentido a Manaus quando o militar na motocicleta entrou na contramão da pista e bateu contra a lateral do ônibus. Uma mulher que testemunhou o acidente confirmou a versão.

Ainda conforme a testemunha, uma pessoa que passava pelo local parou e colocou uma braçadeira no ferimento da perna do jovem para tentar conter o sangramento.

O militar foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital Geral de Roraima, em Boa Vista.

O acidente foi próximo ao igarapé da Cobras, 15 quilômetros de Iracema. A moto do soldado foi entregue a um primo dele que esteve no local do acidente. A PM disse que tentou contato com a Polícia Rodoviária Federal, mas não conseguiu.

Os policiais que atenderam a ocorrência anotaram os dados e os telefones do motorista e da testemunhas, depois, eles seguiram viagem. O acidente foi registrado na delegacia da Polícia Civil de Iracema.

Militar estava em uma moto; acidente foi com um ônibus — Foto: Arquivo pessoal

Em nota, o Exército, por meio do 7º Batalhão de Infantaria de Selva, informou que assim que soube do acidente, um médico da instituição “foi deslocado para acompanhar o atendimento do militar que já estava acontecendo no Hospital Geral de Roraima (HGR).”

O Batalhão segue acompanhado o tratamento do militar e tomará as todas medidas administrativas necessárias.

g1

2 respostas

  1. Estive este ano, na operação acolhida, e pude testemunhar como a BR-174 está um lixo. não sei se foi esse o motivo que levou ao acidente, mas existem muitos trechos da rodovia em que o asfalto foi retirado, o que obriga os motoristas (muitas vezes) andarem em zigue-zague para evitar cair em buracos (principalmente, indo em direção à Pacaraima – onde longos trechos sequer possuem mais asfalto).

    Espero que o militar se recupere.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo