PF vai apurar se Exército também usou software espião de forma ilegal

QG do Exército

Durante as buscas na operação da PF, que visava entender como a Abin usou o First Mile, foram encontradas informações sobre o Exército também usar o software. O blog procurou a assessoria do Exército, que disse não poder atender à solicitação da reportagem.Andréia Sadi

A Polícia Federal vai investigar se o Exército usou —de forma ilegal— o First Mile, software espião utilizado pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin), no caso investigado pela PF na última semana.

A informação foi revelada pelo jornal Folha de S Paulo e confirmada pelo blog.

A investigação da PF apontou que o software comprado pelo governo usava de GPS para monitorar irregularmente a localização de celulares de servidores públicos, políticos, policiais, advogados, jornalistas e até mesmo juízes.

Segundo investigadores, apesar do encerramento do contrato em 2021, há indícios de que o uso do sistema se intensificou nos últimos anos do governo do ex-presidente Jair Bolsonaro para monitorar ilegalmente servidores públicos, políticos, policiais, advogados, jornalistas e até mesmo juízes e integrantes do STF.

A Folha de S. Paulo informou que durante as buscas na operação da PF, que visava entender como a Abin usou o First Mile, foram encontradas informações sobre o Exército também usar o software.

Vale destacar que o uso da ferramenta não é ilegal, mas a PF quer entender como Exército usou o First Mile e se há irregularidades, como feito pela Abin.

g1

2 respostas

  1. Um comentário a se considerar:

    “Oficiais Generais são os superiores máximos existentes no Exército, o habitat que o Exército possui a estes bravos Soldados de Caxias, são honrarias alcançadas no tempo de serviço militar, que valorizam a importância, o respeito, todos os comandos aos quais tiveram no Exército. Um General possui o conhecimento de todos os combates, enxerga tudo em todas as fronteiras, é o maior responsável pela Paz no País, o maior de todos os estrategistas. Merece morar bem, ter proteção o tempo todo, no final da carreira militar que possui, até que a Reserva seja na aposentadoria, o existir último de todos…”

    Acredite, se Quiser!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo