Eles que venham, aqui não passarão!

reserva remunerada

Cada um curte sua reserva como acha melhor. Selva!!!

36 respostas

  1. Quando faltavam cerca de sete anos para a reserva, já traçava planos para melhor viver.

    Que cada um viva do seu jeito, vá lá. Seu direito. Mas não construir outras possibilidades e manter-se preso a fantasias limitadas… É deprimente.

    Uma das artimanhas dos comandos foi incorporar culturas militares estadunidenses, entre elas a expressão “veterano”. Lá refere-se ao militar que participou de missão em combate, aqui até R2 se intitula veterano… A continência foi autorizada em traje civil, penso que, para possibilitar aos da reserva que façam o cumprimento desavergonhadamente… Deve ser isso mesmo, falta de vergonha que nos levou a esse buraco em que as forças foram lançadas.

    1. Ué, se a maioria do contingente da FEB que participou da Segunda Guerra era de R2, então, evidentemente, R2 também é veterano. Se a grande maioria de militares americanos são de temporários, logo, temporários também são veteranos. Se o Rambo, do livro “First Blood”, era um militar temporário que lutou no vietnã, então sim, militar temporário também é veterano.

      Pergunto? Quantos militares de carreira brasileiros participaram de um confronto além de tirarem serviço, marcharem e gerirem a pintura de meio-fio? Pouquíssimos, quase nenhum, exceto os membros da FEB.

      Essa mania que esses pintores de meio fio profissional possuem de separar os militares entre “de carreira”, “temporários” e “QE…”

      Pessoal passa em concurso de oitava série e se acham verdadeiros veteranos combatentes, faca entre os dentes.

      Se o Brasil tivesse um exército que participasse de operações de guerra de verdade, veriam que na guerra todo mundo é igual, todo mundo veste verde oliva. Mas como a guerra brasileira se reduz a puxar saco de superior, obter migalhas de chefes e marchar na sexta pra um general que quer ser promovido…

      1. Puro recalque. Por que não passou no concurso Facinho e nível de primeiro grau? Revoltadinho, temporário é mão de obra Barata para a instituição.

        1. Rapaz, eu passei em concurso bom de verdade. Tenho mestrado inclusive. Já passei em 4 concursos de ENSINO SUPERIOR, não nesse concurso ai. FUI MILITAR temporário, ganhei o meu dinheiro e partir. Não precisa levar mijada de superior nem gerir pintura de meio fio. Isso eu deixo pros oitava série fracos.

          1. Eu sou isso, eu sou aquilo😅😅😅ganho isso, ganho aquilo 🤣🤣🤣 típico posicionamento de quem tem baixa auto estima, precisa se afirmar para parecer que é alguém neste mundo 😅😅😅 cresce e aparece Zé 😅😅😅 não sei o que está fazendo aqui no Blog, aqui trata-se de assuntos militares.

    2. Coisas que mudaram no exército na surdina:

      – Tiraram o elo fundamental entre o comando e a tropa inscrito na ESA
      – Inativo virou veterano
      – Na nova LRM virou cada um por si – Desagregação por causa de um aumento onde quem pode mais ganha mais
      – Gente rir do ato de capinar e pintar meio fio se esquecendo da formação do soldado não se resumir a atirar e sim atributos da área afetiva. Quem comanda uma boa faxina é um bom funcionário, soldado, sargento, oficial ou empresário.

      Estamos num país de bossais. Resgate do elo perdido é o nome do encontro desse pessoal.

      Abraço a todos

      1. Mas o comentário do André não exclui os militares “de carreira”, o que, aliás, pode ser observado no uso da expressão “até”. Sou militar “de carreira”, estou na reserva e não uso a expressão “veterano”.

  2. Espero este mesmo entusiasmo quando houver necessidade. Não ridicularizo nem viro a cara para quem Veste verde oliva, quase sempre são pessoas que gostam do Exército, e nesse momento, dois que gostem já é Tropa.

    Comandante do Exército cria associação de defesa da corporação em meio ao escândalo das Joias…

    A maior propaganda é o público interno, por meio de suas famílias e amigos, da ativa ou reserva. Acontece que há um fenômeno que nunca houve antes (conhecimento +tecnologia), as Praças estão se dando conta que é elas que carregam o piano e passaram a duvidar da competência de seus oficiais Comandantes. Buscar recompor o elo onde ele rompeu, valorizar a carreira das Praças, cuidar dos veteranos, combater a soberba e a Arrogância dentro das FFAA, dizer, mostrar, executar medidas de igualdade Militar perante o Regulamento, valorizar o QE, valorizar o QAO, contar com sua experiência e amor pelo Exército. Ensinar, dar exemplo, cuidar do Recruta como um Pai, torná-lo ou aperfeiçoá-lo um cidadão melhor, dividir o peso do piano alocando pessoal para onde émais necessário, acabar com a esquadra comandada pelo Coronel, cobrar Preparo, produção e profissionalismo de todos, dentro de suas funções. Pensar no bem de todos.

    O Exército Não pode gastar 90% do tempo resolvendo problemas que ele mesmo criou.

    Pelo menos por um tempo, proibir o uso da Farda fora do Quartel, exceto atividades. Dar a César o que é de César, dar a Judas, o que é de Judas.

  3. Passei meus mais de 30 anos servindo a corporação e deixando de realizar inúmeros sonhos. Agora, com quase dois anos após sair, realizei um deles e agora correndo atrás do último, sair da RRm e desvincular-me da Forças em um ótimo cargo público ou seja contribuir a nação de outra maneira.

    1. 30 anos trabalhando, 2 na reseva, 24 horas jogando palavras decoradas aqui! Agora vai assumir outro cargo publico! Se tivesse se dedicado a carreira, agora seria Cap QAO na reserva, ai nao iria valer a pena fazer essa besteira! Mas boa sorte!

      1. Ok! Em meus intervalos venho aqui e coloco pontos escorreitos e legais. Quem lhe disse que seria QAO? Nem fui do EB, fui da EB e lá Auxiliar da Armada vai até CMG. Em um segundo plano, uma vez que alguém assuma um cargo público é obrigatório preencher um documento chamado – declaração desincompatibilização de qualquer cargo público – perco totalmente o vínculo com a Força. Por derradeiro, a discussão é sadia e sobretudo dentro da ética, moral e educação, nunca ataquei alguém e fico aqui a disposição caso alguém comente algo que poste. No mais, não decoro nada, não repito pensamentos alheios e tenho minhas próprias ideias e lhe desejo sorte na sua carreira e que chegue até a sua RRM – inatividade – assim como eu, com vários cursos intra e extra-muros.

    1. E daí amigo, cuide da sua vida e seja feliz!

      Se ele anda fardado usando o breve e se sente bem, quem é vc na fila do pão pra critica-lo! Fala sério!

  4. É impressionante como tem pessoas rancorosas nessa vida né, tudo isso se percebe lendo os comentários acima!

    Tudo é motivo pra vínculo político, vinvulo com a lei de reestruturação, um querendo ser melhor do que o outro, um monte cuspindo no prato que comeu a vida inteira, afff!!!!!

    Prezados, adocem um pouco mais a vida! Talvez o que é ridículo pra uns não seja pra outros!

    Seja leve!

    Abraços!

  5. Sério, me desculpem mas lembra os bozoloides na frente dos quartéis, posso até estar fazendo injustiça, mas foi a primeira coisa que veio na minha cabeça.

  6. Mandou fazer estudos ainda,sobre reajuste kkkk, os praças da reserva e reformados e as pensionistam sabem onde o calo aperta, e o arrocho salarial que estamos passando, por causa dessa cnfusão toda do dia 8 de Jan de 23.Generais estão numa Boa, eles tem Familia,, nós não temos, Eta Familia Militar Unida. Triste Não.

    1. Temos que escrever de vez em quando pra não ter problema de demência. Assim, sobre ganhar mal ou ganhar bem, em relação a realidade brasileira todos ganhamos bem.

      Não acho que ganhar bem inibe desvios de conduta. Ver o Brasil. Mas ganhar bem e ter bens é diferente.

      Há subtenente que não tem casa onde morar e há subtenente que complementa a renda com casas de aluguéis. Há coronéis sem casas e contracheque carregado de consignados. No caso dos d sequilibrados financeiramente haverá sempre a toda hora demanda por aumento.

      O problema da nova lrm ter desagregado é que alguns militares perderam a imparcialidade política e passaram a fazer parte dos bombardeios de fake news na internet.

      Sem vícios, da de viver e ser feliz até ganhando pouco. Muito ou pouco é de acordo com o que se aplica e se investe.

      Viver todo fim de semana de churrasco e bebedeira nem o corpo aguenta.

      Procure ser feliz dentro das suas opções.

      1. Melhor comentário do século!!
        Sai oficial QAO e parti para a reserva, estou construindo aos poucos meu rancho num terreno de 600M2 e imóvel qdo pronto avaliado em 2 milhões.
        Todos os dias faço 10 km de ciclismo e estou fazendo uma pós graduação para ver algum empreendimento light, comércio internacional, contrabando kkkk, na ativa fiz espanhol, inglês e francês …
        Podem ficar a vontade para dizer que QAO não é oficial pois o que vem de baixo não me atingi …kkkk
        Segue meu grito de guerra:
        MONTANHA DE JOIAS!!!!

        1. Fez espanhol, inglês japonês, alemão e esqueceu do português?
          Não me “atingi” 😅😅😅😜
          uma fazenda de 2 milhões?
          “Cê tá rico Memo, hein?” 😄😄😄😜

          1. Esqueceu de relatar o Mandarim, ish!, esqueci; não pode, sob pena de ser taxado de comunista! KKKKKK!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo