Ministro da Defesa diz que Forças Armadas “darão resposta à sociedade”

CMA

Ao blog, Múcio defende apuração de todas as responsabilidades devidas e diz que Forças “vão dar uma resposta à sociedade”; fala ocorre em meio ao avanço de relatos sobre atuação de militares
O ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, promete “uma resposta à sociedade” e defende investigação à fundo das acusações feitas contra militares, que supostamente teriam colaborado com ações golpistas, como questionamento às urnas e apoio a acampamentos pró-tomada de poder pelas Forças.

“Para as Forças Armadas, tudo precisa ser apurado. Tudo. Nós vamos tomar as providências. Isso eu garanto. Se alguma acusação for comprovada, nós vamos agir”, sustenta o ministro.

Nesta quinta (17), o hacker Walter Delgatti Neto disse, por exemplo, que municipou o ministro da Defesa de Bolsonaro, para que ele contestasse as urnas eletrônicas. Esse mesmo personagem disse que mantinha contato com o comandante do Exército por meio de um coronel, que sempre lhe enviava mensagem de apoio à pauta golpista, e até vídeos nos acampamentos montados após a derrota na eleição.

Múcio disse já ter solicitado à Polícia Federal eventual registro da entrada do hacker no ministério ainda sob o governo Bolsonaro e que também solicitou eventuais registros de conversas do hacker com integrantes das Forças Armadas.

“Aqui, não encontramos, nem em vídeo, nem em registro por escrito o ingresso desse personagem na pasta”, disse o ministro antes de asseverar: “Se houver comprovação, vamos dar uma resposta à sociedade”.
Blog da Daniela Lima (g1)

4 respostas

  1. Esse povo que fala em golpismo por questões do Sistema deve estar levando muitas vantagens financeiras para manter esse discurso. Enchendo as malas, que mal há?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo