8/1: PMs relatam embate com Exército durante invasões

Acantonamento BGP no Planalto 3

Depoimentos obtidos pelo R7 abordam número reduzido de policiais e agressão por participantes dos atos de 8 de Janeiro
BRASÍLIA – Policiais militares do Distrito Federal que atuaram no 8 de Janeiro afirmaram à Justiça que o Exército dificultou a detenção dos extremistas no dia dos atos — tendo, inclusive, liberado a saída de pessoas por pelos fundos do Palácio do Planalto. Os policiais também relataram agressões por parte dos invasores e uma situação de “caos total” por estarem com efetivo reduzido. Confira:

R7

7 respostas

  1. Acho que o Exercito acertou pois essa prisões não são constitucionalmente legais. Somente ocorreram por ter ser contra pessoas de direita.

    1. Acredito que o Exército acertou segundo um anônimo, mas acredito também que a polícia Militar agiu com PROFISSIONALISMO, coragem, pois entrou e deu a voz de prisão, deu ordens , deteve e conteve, já imaginou se todos os tipos de crimes, começarem a mandar sair pela porta dos Fundos … Na situação que estava o tenente, agiu no meu ponto de vista, corretamente ao deter a curiosa … Independente de Politicagem, ou ideologias, Primeiro é errado DEFENDER corruptos no poder, segundo também é errado deixar que vândalos quebrem patrimônio público, e pelo que eu vi, coisa Polícia Miliyque tentou evitar que vândalos ficassem IMPUNES. Infelizmente pessoas inocentes foram presas e talvez as culpadas ainda estejam soltas e pior ainda, no poder….

      1. Prezado Carlos, os prédios do Executivo, do Legislativo e do Judiciário foram vandalizados, ações tipicas de Black Blocs em manifestações politico/partidárias e, em nenhum momento, houve convocação por rádio, TV ou rede social convocando a população para uma tomada de poder por algum grupo politico organizado caracterizando golpe de Estado. Pelo conhecimento que o Sr tem das ações das forças de segurança eu pergunto: A quais forças de segurança caberiam, absolutamente, a defesa desses prédios e do território abrangido pelas manifestações? Obrigado!

  2. A instituição acostumada com trocação de tiro x a instituição acostumads com pintura de meio feio e formatura.

    Enquanto o coronel da pm tomou até pedrada na cara combatendo com seus soldados, o do exército passou o dia inteiro pedindo autorização aos superiores, certo de que sabia mesmo é de cerimonial, e que se alguém saisse machucadinho a “imagem institucional” seria manchada e a carreira dele iria pro barro.

    Foi pro barro do mesmo jeito.

    Agora é com xandão. E xandão não vai entender que esses soldados só fazem faxinas e as armas são usadas apenas para formaturas pomposas.

  3. Tinha que prender aquele bando de golpista,o exército foi conivente e omisso,com 100%de certeza,a verdade é essa,o Bolsonaro é o espelho de muitos oficiais,asco.

  4. Tem imagens desses PMs confraternizando com esses invasores antes da confusão, agora como ganharam reajuste estão jogando a culpa no EB, e os praças das fAs que se fuderam sem reajuste pq estamos sem comando nenhum.

  5. Anônimo sem reajuste disse ver PMs confraternando, onde era o acampamento mesmo …caso não saiba é sim função da PM conversar, orientar e até abraçar conhecidos , cidadãos que no primeiro momento faziam uma manifestação pacífica, agora teve PMs feridos, Cmt PM ferido, homem da cavalaria PM sendo derrubado de sua montaria, por mais válido que fosse as manifestações, isso os danos ao patrimônio Público e principalmente as agressões aos MILITARES ESTADUAIS, isso é inadmissível. E quem fala que isso foi ato de terrorista é um analfabeto e não sabe como o MST usou de Violência contra a polícia militar em décadas passadas (nas manifestações).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo