RS: caminhão do exército tomba às margens de rodovia

CAMINHÃO DO EXÉRCITO TOMBADO EM SANTA MARIA

Caminhão do exército tomba às margens da BR-158 

Santa Maria (RS) – Um caminhão do 12º Batalhão de Engenharia de Alegrete tombou às margens da BR-158 no início da manhã desta quinta-feira (22), próximo ao Trevo de Acesso aos Quartéis, no Bairro Boi Morto.
No veículo estavam o motorista e e outro militar, que não se feriram. Oveículo trafegava no sentido Centro-Bairro, quando o motorista aparentemente teria perdido o controle da direção.
Conforme apurado pelo repórter Renato Oliveira, o caminhão realizava serviços de engenharia no Campo de Instrução.
Com informações e imagem de Renato Oliveira

Rádio Imembuí (Facebook)

8 respostas

    1. Vc deve ser paisano ou idiota fardado, que conhece ti missão. Só for militar devia repensar sua posição e profissão. Se for civil vá estudar

  1. depois do golpe o gole nao deixa os militares dirigir direito na volta das operaçoes regadas a muito wisky russo e cachaça de alambique das barrancas do uruguay……
    Essa viatura foi fazer a ultrapassagem numa tartaruga e capotou, acho que devemos exterminar as tartatugas pois elas estãu querendo dar o golpe nos humanos!!!
    Antes que alguem diga que estou alcoolizado, já adianto; sou abstemio e gosoto de escrever para descontrair, pois não se pode levara tudo a serio, principalemente o que não é serio, embora esse acidente seja uma caso serio!!

  2. isso é o retrato do amadorismo. Nossos Cb e sd e ate mesmo Of e Sgt temporarios. CNH cat b com 19 anos para conduzir um Bld de 17 Ton transportando 11 pessoas. Recrutas com CNH provisoria fazendo curso de motorista. e quando da um ou dois anos de eb metem o pe embora devido a falta de perspectiva militar e ofertas de emprego fora. esquecendo de citar que um Bld de 12 milhoes de reais.

    1. Deixa de falar M…. se escalam o militar pra ser motorista e ele recém tirou a carteira não é culpa do militar escalado. Já presenciei muitos militares de carreira fugindo em não querer fazer a carteira pra dirigir os veículos militares e aí sobra para o pessoal que trabalha de verdade que são os soldados, cabos e sargentos Temporários. Nunca vi um oficial temporário ou de carreira ser voluntário pra tirar a carteira, então não fale o que não sabe. vamos ser sinceros, Nós de carreira só queremos ficar em uma seção bem escondido papirando pra sair da força, quero só ver quando resolverem retirar os sargentos temporários das missões e de tirar serviço, já que o “mito” sancionou a lei do mal 13954, aí meu amigo já era, seremos só nós no combate real!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo